Cidadeverde.com
Política

Sílvio Mendes registra candidatura e declara bens avaliados em R$ 1,9 milhão

Imprimir

Foto: Renato Andrade/ Cidade Verde

O candidato da oposição Sílvio Mendes (União Brasil), 75 anos, foi o primeiro dentre os nomes colocados na corrida eleitoral pelo Governo do Estado a solicitar o registro de candidaturas junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI). Na declaração, o ex-prefeito de Teresina declarou um patrimônio de R$ 1,9 milhão, dentre automóveis, imóveis, caderneta de poupança. 

Dentre os bens declarados, Sílvio Mendes registrou possuir um prédio residencial no valor de R$ 550 mil, um prédio comercial de R$ 100 mil, uma casa no valor de R$ 100 mil, um apartamento de R$380 mil e veículos avaliados em R$ 94 mil e R$ 68 mil. A aplicação de renda fixa é de R4 250 mil.  

No registro de candidatura, a coligação recebeu o nome de “Vamos Mudar o Piauí” e reúne os partidos União Brasil,  Progressistas, PDT, PTB, Avante, além da federação formada por PSDB e Cidadania.

IRACEMA PORTELLA 

A candidata a vice-governadora, a deputada licenciada Iracema Portella (Progressistas), declarou bens avaliados em R$ 1,4 milhão. 

Entre os bens listados pela parlamentar estão uma aeronave avaliada em R$ 82 mil, um carro avaliado em R$ 120 mil, um terreno avaliado em 150 mil, R$ 45 mil em dinheiro em espécie e R$ 1 milhão em quotas ou quinhões de capital.  

JOEL RODRIGUES 

Joel Rodrigues também foi o primeiro candidato a senador a registrar a candidatura no TRE-PI. Na declaração, o ex-prefeito de Floriano registrou bens avaliados em R$ 1,1 milhão.

Entre os bens listados estão uma casa avaliada em R$ 850 mil, um apartamento no valor de R$ 250 mil, dois terrenos de R4 25 mil e R$ 23 mil. A aplicação de renda fixa é de R$ 8 mil.

O suplente Charles da Silveira (PDT) foi o que reuniu o maior valor em bens declarados da chapa majoritária. O ex-secretário declarou um patrimônio de R$ 18 milhões, tendo um apartamento avaliado em R$ 900 milhões, e outro apartamento de R$ 800 mil e uma casa também avaliada no mesmo valor e outra residência de R$ 700 mil.  

Já a segunda suplente da chapa, Belê Medeiros (Progressistas), declarou um patrimônio de R$ 502 mil. Ela declarou possui um terreno avaliado em R$ 300 mil e um veículo de R$ 75 mil. 


Paula Sampaio
[email protected]

Imprimir