Cidadeverde.com
Geral

Família se despede em meio a forte emoção da babá que morreu em briga de cunhados

Imprimir

Foto: Reprodução redes sociais

O corpo da babá Juliana da Silva, 29 anos, foi velado sob forte comoção de parentes, amigos e vizinhos na residência de sua família, no bairro São Pedro, zona Sul de Teresina.

Juliana morreu na tarde de segunda-feira (8) após nove dias internada no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). O velório demorou a ser realizado porque a família fez a doação dos órgãos.

O corpo chegou por volta das 18h30 de terça (09) e foi velado até as 9h desta quarta (10), quando saiu para ser enterrado em um cemitério no bairro Santa Maria da Codipi, zona Norte de Teresina. 

“Ela era uma pessoa muito boa. Não só ela, mas os outros dois que morreram também. Foi uma tragédia sem dúvidas. A família está incrédula ainda. Passaram dias com a esperança de que ela retornaria e infelizmente não foi o que aconteceu”, afirmou a aposentada Maria, vizinha da vítima. 

Fotos: Renato Andrade/Cidadeverde

O corpo de Juliana será enterrado em uma cova onde o corpo de um tio dela está. Segundo a vizinha que conversou com o Cidadeverde.com, seria enterrado no cemitério do bairro Vermelha, mas não foi possível pela falta de vaga. 

O velório foi acompanhado por amigos e familiares de Juliana, que estavam próximos ao caixão inconsolados com a morte prematura da babá. 

Dezenas de pessoas acompanharam o caixão de Juliana da casa até o carro da funerária, de onde seguiu em cortejo para o cemitério na zona Norte de Teresina.

 

Morte 

Juliana da Silva morreu na tarde de segunda-feira (8) após nove dias internada no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). No dia 30 de julho, Juliana levou um tiro na cabeça durante discussão entre os cunhados Felipe Holanda e Daniel Flauberth Gomes Nunes, 38 anos, no bairro São Pedro, zona Sul de Teresina.

Juliana da Silva estava na área de lazer, brincando com uma criança quando levou um tiro na cabeça.

 

 

Nataniel Lima
[email protected]

Imprimir