Cidadeverde.com
Cidades

Homem é assassinado a tiros na frente da filha no Piauí

Imprimir

Na tarde desta quarta-feira (10) um homem identificado por Darlan Feitosa, 31 anos, foi assassinado à tiros no Morro do Simão, às margens da PI-375, que interliga Picos à Santana do Piauí. O crime ocorreu na presença da filha da vítima, de 12 anos.

O Cidadeverde.com/picos apurou com familiares da vítima como o homicídio ocorreu. Dois homens em uma motocicleta chegaram ao endereço, o passageiro desceu e efetuou pelo menos três disparos de arma de fogo contra Darlan. O mesmo estava de costas para a rodovia estadual.

Segundo familiares, Darlan não possuia desafetos e até o momento não se tem informações sobre a motivação do homicídio.

A Polícia Militar esteve no local para fazer a segurança do corpo que aguarda a Perícia para os procedimentos cabíveis. Este é o sétimo homicídio registrado no ano de 2022.

Homicídios em Picos

O primeiro homicídio do ano foi registrado em 24 de janeiro de 2022. A vítima de iniciais S.D.R. foi morta à tiros na passagem molhada que interliga os bairros Junco e Ipueiras.

S.D.R. possui passagens na Polícia por crimes relacionados ao Tráfico de Entorpecentes. Quando foi assassinado o mesmo portava invólucros de substância análoga à cocaína.

O segundo assassinato ocorreu em 09 de abril e teve como vítima Robson Nascimento Barreto, o Baiano. O crime ocorreu na Avenida Beira Rio, e o suspeito, o advogado de iniciais R.B.O.N., se encontra preso na Capital Teresina.

O terceiro homicídio foi registrado em 18 de abril e teve como vítima o ex-jogador da Sociedade Esportiva de Picos, Jailson Alves. O crime ocorreu na comunidade Morro Branco. A vítima estava no quintal da residência na companhia da filha de 10 anos.

O quarto homicídio ocorreu em 27 de maio e teve como vítima Agenor José da Silva Rocha, assassinado à tiros após desentendimento durante um jogo de baralho. O crime foi registrado na comunidade Angico Torto e o suspeito foi preso em flagrante.

Em 08 de junho foi registrado o quinto assassinato. A vítima do crime Raimundo Nonato da Silva foi morta à tiros num quiosque localizado na Praça Antenor Neiva.

O sexto homicídio vitimou Mauro Sérgio Pereira Campos, 35 anos. O crime ocorreu no dia 12 de junho. A vítima foi atingida por um disparo de arma de fogo na cabeça. O suspeito do crime é o próprio enteado que se apresentou na Delegacia, acompanhado de um advogado.

Paula Monize
[email protected]

Imprimir