Cidadeverde.com
Picos

Em 25h, dois crimes de execução são registrados na região de Picos

Imprimir

Foto: Paula Monize/Polícia

Vítimas Josué e Darlan

Os crimes contra a vida em caráter de execução têm se tornado frequentes na região de Picos. No intervalo de 25 horas, dois homicídios foram registrados nos municípios de Picos-PI e Geminiano-PI.

As vítimas identificadas por Darlan Feitosa, 31 anos, e Josué Barbosa de Sousa, 47 anos, foram assassinados à tiros, sem chance de defesa das vítimas.

Na primeira ocorrência, no Morro do Simão, em Picos, Darlan estava sentado numa cadeira de costas para a PI-375, quando dois homens em uma motocicleta chegaram ao local e efetuaram pelo menos três disparos. O homem teve morte imediata.

Na segunda ocorrência, a vítima seguia numa motocicleta na BR-407, na altura do município de Geminiano quando foi seguida e interceptada à tiros por dois homens que seguiam num carro de passeio. O motociclista caiu fora da pista e ainda continuou sendo alvejado.

Segundo o delegado titular da Delegacia de Homicídios, Tráfico de Drogas e Latrocínio (DHTL), Agenor Ferreira Lima, as investigações sobre o caso Darlan estão em andamento. 

“Diligenciamos por várias horas, mas infelizmente não obtivemos êxito. Estamos dando andamento as investigações, para que possamos chegar a autoria do crime e elucidar o caso”, informou o delegado.

O delegado regional da Polícia Civil de Picos, Rodrigo Morais, explicou que Josué foi assassinado com sete disparos de arma de fogo.

“A Perícia foi ao local do crime e o corpo foi remetido ao IML de Picos, o médico plantonista identificou sete perfurações de arma de fogo. Os disparos atingiram cabeça, pescoço, ombro e tórax. A Polícia Civil está diligenciando a existência de testemunhas para a tentativa de elucidar o caso”, explicou o delegado.

Foto: Cidadesnanet

Com a vítima, durante o trabalho pericial, foi encontrada uma significativa quantidade de drogas de provável uso para o tráfico de drogas.

Josué Barbosa de Sousa possui passagens na Polícia pelos crimes contra o patrimônio, roubos à mão armada, inclusive tendo uma condenação criminal por roubar três motocicletas num só dia na cidade de Francisco Santos. Além disso, responde a inquéritos por receptação de veículos e por porte ilegal de arma de fogo. 

 

Paula Monize
[email protected]

Imprimir