Cidadeverde.com
Geral

Diretoria da Caixa cobra celeridade em investigação de denúncias de assédio contra servidoras

Imprimir

Foto: Renato Andrade / Cidadeverde.com 

A vice-presidente nacional de Habitação, Henriete Sartori, afirmou nesta sexta-feira (12) que a diretoria da Caixa Econômica Federal tem cobrado celeridade e transparência nas investigações das denúncias de assédio sexual contra o ex-presidente da instituição Pedro Duarte Guimarães. 

Henriete Sartori também explicou que a Caixa Econômica preparou uma estrutura e tem incentivado servidores a denunciarem novos casos de assédio na instituição. 

“Os fatos serão apurados, a nossa presidente Daniela tem defendido da transparência e celeridade nas apurações. Estamos trabalhando, a Caixa já tem os seus canais denúncia, estrutura de governança. A gente tem apoiado os empregados para que façam as denúncias e que as denúncias serão apurados com a seriedade, velocidade e transparência necessária”, destacou. 

As denúncias de assédio sexual na Caixa vieram a público em meados de junho deste ano. Em seguida, Pedro Duarte Guimarães pediu demissão e entregou o cargo. 

Segundo relatos de vítimas do ex-gestor, a maioria dos assédios foram feitos em viagens do presidente da Caixa pelo país.


Paula Sampaio 
[email protected]

 

Imprimir