Cidadeverde.com
Política

“Pequeno comício da esquerda”, afirma Ciro Nogueira sobre carta em defesa da democracia

Imprimir

Foto: Renato Andrade / Cidadeverde.com 

O ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (Progressistas) classificou nesta sexta-feira (12) como um “pequeno comício da esquerda” o evento em que aconteceu a leitura da carta em defesa da democracia e do processo eleitoral brasileiro, divulgada pela Faculdade de Direito da USP. 

Segundo o ministro, a movimentação no entorno do documento ocorreu para tirar o foco das questões que, segundo ele, deveriam ter atenção principal no processo das eleições. 

“Essa questão Carta para a Democracia foi um pequeno comício da esquerda que quiseram criar um fato para tirar atenção de que o país está crescendo bastante e eles não tem argumentos. Somos superiores a eles em todas as áreas, até as áreas tidas como eles, imagine um governo tido como centro-direita fazer uma reforma agrária maior do que eles fizeram. Isso é impensável”, pontuou. 

Ciro Nogueira ainda fez uma projeção do resultado das urnas e garantiu que o presidente Jair Bolsonaro (PL) vai ultrapassar o ex-presidente Lula (PT) em pesquisas eleitorais até o final do mês de setembro. 

“Não tenho dúvida que até o final deste mês já estaremos em empate técnico e em setembro será a virada. Daqui a pouco vamos fazer as contas se o presidente vai ganhar em primeiro turno ou não. As pessoas estão melhorando de vida e não vão querer retroceder, voltar ao tempo de Palloci e Dilma no nosso país”, disse. 


Paula Sampaio 
[email protected]

Imprimir