Cidadeverde.com
Vida Saudável

Teste de varíola dos macacos deve ter novos pedidos registrados na Anvisa

Imprimir

Com a chegada da varíola dos macacos ao Brasil, o mercado de exames para detecção da doença começa a se aquecer. A MedLevensohn diz que começou a negociar um acordo com a farmacêutica Biotest para importar seus testes rápidos, e o pedido de registro na Anvisa deve ser feito nas próximas semanas.

A agência reguladora já analisa seis pedidos para registro de testes. Diferentemente do autoteste, feito em casa, eles serão realizados por profissionais de saúde.

Três dos pedidos envolvem ensaios moleculares, que encontram material genético do vírus em amostras coletadas. Dois são importados da espanhola CerTest Biotec e da chinesa Shanghai BioGerm Medical Technology, além de um teste da Eco Diagnóstica

Na quarta (10), a agência recebeu pedidos da Bioscience (Tiajin) Diagnostic, da China, e dois produtos do Instituto de Tecnologia em Imunológicos Bio-Manguinhos.

Segundo a Anvisa, alguns dos pedidos ainda precisam de documentação complementar. Nenhum deles é autoteste.

POR JOANA CUNHA
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) 

Imprimir