Cidadeverde.com
Últimas

Piauí tem aumento de focos e sobe para a 6ª posição no ranking de queimadas no Brasil

Imprimir

Foto: Corpo de Bombeiros

O Piauí subiu para a 6ª no ranking de queimadas entre os estados brasileiros. Nas duas primeiras semanas de agosto, foram 477 focos registrados, segundo dados do sistema de monitoramento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). 

O número representa 85% do total de focos de todo o mês de julho (561 focos).  

Em agosto, o número de focos de queimadas no Piauí está atrás apenas dos estados do Pará (2619 focos), Amazonas (2004 focos), Mato Grosso (1544 focos), Maranhão (1306 focos) e Tocantins (717 focos).

O aumento do número de focos de queimadas no Piauí coincide com a proximidade do período do ano conhecido como B R O Bró, marcado por altas temperatura e baixa umidade. 

Neste domingo, o Instituto Nacional de Meteorologia emitiu um novo alerta de baixa umidade que atinge Teresina e outros 215 municípios piauienses. A situação, segundo o Inmet, pode contribuir com o aumento de focos de queimadas. 

Municípios com mais focos no Piauí em agosto: 

  • Uruçuí (63 focos)
  • Riacho Frio (44 focos)
  • Floriano (37 focos)
  • Júlio Borges (31 focos)
  • Baixa Grande do Ribeiro (26 focos) 

Nas últimas semanas, o Corpo de Bombeiros deu início a uma série de ações para evitar que as queimadas causem danos significativos, a exemplo do que ocorreu no ano passado. 
Além do reforço das ações junto aos municípios, atividades educativas também estão sendo realizadas para orientar sobre os riscos do uso de fogo na agricultura. 


Natanael Souza
[email protected] 

Imprimir