Cidadeverde.com
Vida Saudável

Menopausa: Deficiência hormonal causam sintomas que pioram a qualidade de vida

Imprimir


Foto: Freepik

 

Muito se fala sobre a menopausa e sobre o que ela causa no corpo da mulher. No entanto, muitas dúvidas sobre o assunto ainda existem. De acordo com o médico Tasso Carvalho, a menopausa é caracterizada por uma insuficiência ovariana e corresponde à data da última menstruação seguida de um ano sem menstruar.

“No processo natural do envelhecimento, é comum ocorrer uma redução gradativa na produção hormonal, e após a menopausa essa deficiência hormonal ovariana já é muito evidente e, além de piorar muito a qualidade de vida da mulher, aumenta o risco de doenças e de morte”, explicou.

O especialista também explicou que a deficiência hormonal comumente causa inúmeros sintomas que pioram a qualidade de vida da mulher, como insônia, fadiga, déficit da memória, ondas de calor (fogachos), déficit da libido, sintomas de depressão, dores ósseas e musculares. Além disso, conforme Tasso, existe o risco de morte por doenças cardiovasculares aumenta em 4 vezes.

Ainda segundo o médico, é possível repor os hormônios. “Sim, hoje não só é possível repor todos esses hormônios, como deve ser considerado mandatório, já que o risco de doenças e morte ao permanecer com deficiência hormonal é muito grande”, explicou.

Terapias de reequilíbrio hormonal com hormônios bioidênticos (isomoleculares) são muito seguras e necessárias para saúde de forma geral, uma vez que o melhor funcionamento do organismo só acontece na presença de níveis ideais desses mensageiros que são os hormônios.

“Em todos os casos, um médico com experiência em terapias hormonais deve avaliar o melhor momento, melhor dose e tempo de terapia para cada paciente”, finalizou.

 

Da Redação
[email protected]

Imprimir