Cidadeverde.com
Política

Sílvio Mendes aposta na comparação entre modelos de gestão

Imprimir

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com 


O candidato a governador Silvio Mendes (União Brasil) realizou uma caminhada na manhã desta quarta-feira (24) na Santa Maria da na zona Norte de Teresina. O ex-prefeito aproveitou também para visitar bairros da região que foram estruturados em gestões do PSDB e fazer gravações que serão exibidas na propaganda eleitoral na próxima sexta-feira (26). 

Silvio Mendes vai apostar em um discurso de comparação de gestões o municipal e estadual, do PSDB e PT, nos últimos anos. 

Nesta manhã, gravou no residencial Francisca Trindade, que foi estruturado nas gestões tucanas. Em entrevista, ele destacou os projetos de habitação do ex-prefeito Firmino Filho, e fez questão de citar duas petistas históricas no estado e no país: a ex-deputado Francisca Trindade (PT) e ex-presidente Dilma Rousseff (PT). 

“Fizemos as intervenções necessárias, aqui tem hospital, mercado, escola, então, aqui foi um processo de como transformar uma área miserável em um bairro. Nesse conjunto tem 1.6 mil casas e colocamos o nome da deputada Francisca Trindade, porque sempre fez uma extraordinária política, foi uma boa coisa que fizemos em resgatar a sua memória”, frisou. 

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com 

O candidato seguiu citando ações de Dilma Rousseff e relembrou um diálogo que teve com a ex-presidente. 

“A gente comprava uma área, urbanizava e fazia os lotes, porque saia um custo muito mais barato. A ministra Dilma, na época, querendo fazer o PAC, nem acreditou. Não sei se foi coincidência, mas ela colocou o subsídio inversamente proporcional a renda da família”, pontuou. 

Silvio Mendes ainda comentou sobre recentes declarações da governadora Regina Sousa (PT) de que o próximo governador do Piauí terá dificuldades com o orçamento para 2023, cuja previsão é de uma redução de R$ 1,5 bilhão, devido a lei que fixou um teto para o ICMS. 

“Eu trato de problemas reais, a governadora Regina Sousa, que é uma vencedora, tem uma assessoria muito experiente que é o secretário Antônio Luiz, mas ela precisa receber os dados reais. Se você tiver uma gestão eficiente, que o Piauí não tem, uma equipe boa e competente, que tenha cuidado com recursos público”, disse.


 

Flash Paula Sampaio 
[email protected]

Imprimir