Cidadeverde.com
Últimas

Zona rural de Teresina ganha novo centro de convivência

Imprimir

Fotos: Rômulo Piauilino/Semcom

Moradores do povoado Santa Luz, na zona Rural Leste de Teresina, ganharam um novo espaço de convívio e assistência. A Unidade do Centro de Convivência Dona Flor – Florinda Alves Machado da Silva, foi inaugurada na manhã deste sábado (27) e contou com a presença do prefeito de Teresina, Dr. Pessoa e gestores. 

O novo local é referenciado pelo Centro de Referência da Assistência Social (CRAS Norte IV) e faz parte do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).

Para o prefeito Dr. Pessoa, a entrega da nova unidade só reforça o compromisso de sua gestão em realizar trabalhos e ações que desenvolvam a zona Rural de Teresina.

“A inauguração deste Centro de Convivência mostra o compromisso de nossa gestão com o povo que mora na zona Rural, que antes era esquecida. Vamos fazer muito mais, estamos avançando. Estou muito feliz como prefeito dessa cidade em poder entregar o primeiro Centro de Convivência da zona Rural, hoje, aqui, no Povoado Santa Luz”, disse o prefeito. 

Atualmente, a Semcaspi atua com 10 Centros de Convivência e cada unidade é referenciada por um CRAS, que encaminha pessoas a serem assistidas pelo serviço. O Centro de Convivência “Dona Flor” terá como foco grupos de crianças, adolescentes e idosos, moradores da região.

A gerente do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) Norte IV, Adriana Lavor, explicou que o Centro de Convivência Dona Flor proporcionará a realização de serviços e projetos como o Criança Feliz e Grupos de Convivência.

“Agora temos um Centro que irá trabalhar o fortalecimento dos vínculos das pessoas assistidas pelo CRAS na região, onde será desenvolvido o projeto Criança Feliz que atende crianças da primeira infância em seu desenvolvimento, além de acompanhar suas famílias e direcioná-las aos serviços que a prefeitura disponibiliza. Também iremos trabalhar os grupos de convivência que são formados por idosos e adolescentes, assim fortalecendo os vínculos e realizando a integração entre as pessoas”, afirmou Adriana Lavor.

O secretário da Semcaspi, Allan Cavalcante, destacou a importância do centro para o serviço da Assistência Social e fala da homenagem realizada a “Dona Flor “.

“A proposta é facilitar o acesso aos serviços da assistência social à população da zona Rural. E, hoje, a palavra de ordem é gratidão e história. Gratidão em podermos homenagear Dona Flor, por tudo que ela fez ao próximo durante seus 92 anos, tudo com muito amor e dedicação e história por que ela fez história e continuará fazendo, agora com seu nome sendo destinado a este Centro de Convivência”, pontou Allan Cavalcante. 

Durante o evento, aconteceram apresentações dos grupos de dança: “Superação: as rainhas do sertão” e o grupo “Tutú Bate”, respectivamente formados por idosos e crianças que atendidas pelo Cras Norte IV. Também foram entregues certificados aos moradores da região, que fizeram o workshop de empreendedorismo básico, ofertado pela Fundação Wall Ferraz (FWF).

Homenagem à Dona Flor

Antônia Machado, uma das filhas de Florinda Alves Machado da Silva, fala da emoção de ver sua mãe homenageada pelo Centro de Convivência.

“É impossível descrever, porque também teria outras pessoas a receber esta homenagem. Esta unidade é o retrato da minha mãe, que foi um exemplo de bondade, caridade e de devoção. A nossa família e quem teve contato com a dona Flor se sente muito agraciada por esta homenagem”, comentou.

 

Da Redação 
[email protected]

 

 

Imprimir