Cidadeverde.com
Esporte

Goiás ganha clássico do Atlético-GO e afunda o rival na zona de rebaixamento

Imprimir

Superior do início ao fim, o Goiás venceu o arquirrival Atlético-GO na tarde deste sábado, por 2 a 1, no estádio da Serrinha, em Goiânia, na abertura da 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Caetano, o estreante Marquinhos Gabriel e Shaylon marcaram os gols do clássico goiano.

Foto - Reprodução Instagram - Goias Esporte Clube

O resultado positivo deixa o Goiás na nona posição, com 32 pontos. Já são três jogos sem derrota, sendo um empate e duas vitórias consecutivas. Já o Atlético-GO ficou com os mesmos 22 e no penúltimo lugar, ficando ainda mais em situação delicada na luta contra o rebaixamento.

Antes deste confronto, a diretoria do Atlético-GO deu voto de confiança ao técnico Jorginho Campos, mesmo com a sequência negativa de resultados. Resta saber se o treinador será mantido ou se haverá mudança às vésperas da semifinal da Copa Sul-Americana.

O Goiás dominou as ações do primeiro tempo e poderia ter aberto grande vantagem no placar. Logo aos dez minutos, Marquinhos Gabriel cobrou escanteio da esquerda e encontrou o zagueiro Caetano, que cabeceou e viu a bola desviar na marcação antes de parar no fundo das redes.

O gol animou o Goiás, que seguiu no ataque. Aos 14, Marquinhos Gabriel finalizou, a bola desviou no adversário e obrigou o goleiro Renan a defender no reflexo. Depois, aos 18, Pedro Raul chegou a marcar de cabeça, mas o gol foi anulado por impedimento do atacante esmeraldino.

A superioridade do Goiás incomodou o técnico Jorginho Campos, que promoveu três mudanças aos 28 minutos do primeiro tempo. O Atlético-GO melhorou em campo e chegou a assustar em chute de Wellington Rato, aos 38, mas não o suficiente para empatar o duelo antes do intervalo.

Assim como na etapa inicial, o Goiás foi efetivo e no início do segundo tempo aumentou a vantagem. Aos oito minutos, Marquinhos Gabriel ficou com a bola na entrada da área e finalizou de canhota no canto esquerdo do goleiro Renan, que não conseguiu fazer a defesa.

A situação do Atlético-GO, que já era difícil, ficou ainda pior aos 11 minutos, quando o lateral-direito Hayner foi expulso. Só que o Goiás não aproveitou a vantagem numérica e na sequência do segundo tempo também viu o volante Caio ser expulso, deixando os dois times com 10 em campo.

Na reta final, o Atlético-GO foi para o tudo ou nada e descontou aos 38 minutos, quando Shaylon passou pela marcação e finalizou cruzado. O gol fez o Goiás se retrair e segurar com todas as forças a vitória no clássico.

O Goiás só voltará a campo na segunda-feira, dia 5 de setembro, para visitar o Santos, às 20 horas, na Vila Belmiro, em Santos. Já o Atlético-GO jogará no domingo contra o Atlético-MG, às 18 horas, no Antônio Accioly, em Goiânia.

Antes disso, o Atlético-GO receberá o São Paulo na próxima quinta-feira, às 21h30, também no Antônio Accioly, em Goiânia, pelo confronto de ida da semifinal da Copa Sul-Americana.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir