Cidadeverde.com
Esporte

América-MG perde pênalti e empata o clássico com o Atlético-MG no Independência

Imprimir

Não foi desta vez que o Atlético-MG conseguiu acabar com a má fase no Campeonato Brasileiro. O campeão da temporada passada apenas empatou com o rival América-MG em 1 a 1, na tarde deste domingo, no estádio Independência, pela 24ª rodada. 

Foto: Pedro Souza - Atlético-MG

O visitante saiu na frente, mas o time de Mancini empatou e ainda perdeu um pênalti no primeiro tempo, em clássico bastante movimentado.

O ponto ganho deixa o América na nona colocação, com 32 pontos. Já o Atlético-MG fecha a rodada apenas em sétimo, com 36.

No duelo cercado de expectativa, os rivais chegaram em situações opostas. O América estava no seu melhor momento, com cinco jogos de invencibilidade, sendo quatro vitórias. 

Já o Atlético vivendo uma fase de instabilidade. Além da derrota para o Goiás na última rodada (1 a 0), a semana foi tumultuada com a presença de torcedores organizados na porta do Centro de Treinamento para cobrar os jogadores.

No entanto, quando a bola rolou o Atlético deu as cartas e abriu o placar com nove minutos.

Hulk cobrou falta com violência, da entrada da área, rasteiro, no canto do goleiro Matheus Cavichiolli, que falhou no lance: 1 a 0. Foi o 25º gol dele na temporada e o terceiro de falta. O astro voltou a marcar depois de sete rodadas de jejum.

O América, porém, se restabeleceu do golpe e reagiu na sequência, aos 18 minutos. Juninho, pelo meio, serviu de calcanhar a Henrique Almeida. O camisa 19 dominou e bateu de perna esquerda no canto de Everson: 1 a 1.

O Atlético-MG ainda tentou reagir com uma bola na trave de Zaracho. Aos 37 minutos o árbitro recorreu ao VAR e marcou pênalti para o América-MG. 

O árbitro de vídeo indicou mão do zagueiro Réver num lance com Ricardo Silva após bola parada. O atacante Henrique Almeida foi para cobrança e Everson fez a defesa.

Os primeiros minutos do segundo tempo foram marcados por muitas faltas. O Atlético tinha dificuldades de penetrar na defesa adversária. As armas principais eram os chutes de Hulk de longa distância. Mas o artilheiro não estava com a pontaria afiada.

O América-MG, bem resguardado na defesa, conseguiu segurar o empate e a invencibilidade de agora seis jogos. O lado negativo para o Atlético foram as vaias da torcida ao final do jogo.

O América volta a jogar no próximo sábado, contra o Coritiba, em Belo Horizonte. O Atlético-MG joga no domingo, contra o Atlético-GO, em Goiânia.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir