Cidadeverde.com
Política

Lourdes Melo afirma que Alexandre de Moraes persegue PCO

Imprimir

Foto: Paula Sampaio/ Cidade Verde

A candidata Lourdes Melo (PCO) fez duras críticas ao ministro Alexandre de Moraes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta terça-feira (30). Para a candidata, o ministro tem perseguido o partido por conta de críticas feitas por dirigentes da sigla ao Poder Judiciário. 

“É uma perseguição ao nosso partido, porque temos defendendo que os juízes não são deuses. No regime capitalista, temos os deputados, senadores e governadores e o poder judiciário. Todos esses são eleitos e o Judiciário não foi eleito por ninguém. O pior é que o ministro Alexandre de Moraes está com a missão de organizar as eleições. Se ele mesmo não foi eleito, ele não merece e nem deve conduzir as eleições, que são um processo democrático”, declarou Lourdes Melo. 

Ainda em junho, o ministro havia expedido uma decisão para bloquear perfis em redes sociais ligados ao PCO.  A decisão foi justificada com base em ataques feitos pelo partido ao STF. Na época, uma publicação da sigla teria chamou Moraes de “skinhead de toga” no Twitter.


Paula Sampaio
[email protected]

Imprimir