Cidadeverde.com
Esporte

Indefinida a situação de diretoria do River Atlético Clube

Imprimir

Continua sem definição o caso da diretoria do River Atlético Clube. Há meses foi realizada uma eleição na agremiação tricolor, após um período de intervenção.  

Foto: Djalma Lemos/River AC

Pouco tempo depois a Justiça anulou a tal eleição, atendendo a reclamação de uma das chapas concorrentes. Teria existido alguma irregularidade na votação. E é lamentável que um grupo de riverinos não tenha realizado o pleito rigorosamente de acordo com o estatuto. 

E tudo voltou à estaca zero. Sem diretoria devidamente eleita e reconhecida pela Justiça, o River está abandonado e a caminho de uma destruição total. Alguns riverinos estão realizando rifas visando conseguir dinheiro para funcionários, cujos salários estão atrasados.

Atendendo a pedidos de torcedores, busquei informações. Inicialmente conversei com o Dr. Delson Castelo Branco, respeitado homem do nosso futebol, com relevantes serviços prestados ao clube durante mais de 50 ano. 

Percebi a enorme preocupação do ex-presidente, porém com esperanças de que tudo seja resolvido o quanto antes.

Em seguida falei com o Presidente da Federação de Futebol do Piauí. Robert Brow disse ao Cidadeverde.com que a entidade não dispõe de detalhes sobre como a situação possa ser resolvida.

Fiz mais um contato. Agora com o Dr. Raimundo Miranda que foi o interventor até a realização da eleição anulada. Para o ex-interventor “teria havido um acordo entre os advogados das duas partes interessadas no processo, resolvendo o impasse.”

Disse mais o Dr. Raimundo Miranda que  “o acordo dos advogados também teria sido invalidado, voltando tudo à situação de antes da eleição.”

E acrescentou o Dr. Miranda:

- Não recebi nenhum comunicado oficial do Desembargador Paes Landim. Caso haja alguma manifestação nesse sentido e eu seja mantido como interventor, adotarei as providências para a realização de nova eleição.”

Para o Presidente da Federação, Robert Brow, a situação do River é preocupante porque pretende realizar o Conselho Arbitral do Campeonato de 2023 no decorrer do mês de outubro.  E como o River poderá participar das decisões, sem diretoria ?

Dídimo de Castro
[email protected]

Imprimir