Cidadeverde.com
Vida Saudável

Sesapi reforça orientações após confirmação do 7° caso da varíola dos macacos no Piauí

Imprimir

Após o Piauí confirmar o sétimo caso da varíola dos macacos, a Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi) reforçou a orientação para que a população mantenha todas as medidas sanitárias para evitar a contaminação e proliferação do vírus, já que o órgão investiga outros 43 casos suspeitos da doença. 

Segundo Hérlon Guimarães, superintendente de atenção à saúde e municípios da Sesapi, além do plano de ação de atenção primária, hospitalar e laboratorial desenvolvida pela pasta nos 224 municípios piauienses, a população precisa estar atenta aos cuidados com a higiene pessoal.

“É uma doença que a gente contrai ela ao tocar objetos que estejam contaminados, que tenham sido tocados pela pessoa com a doença, e também de forma aérea, então a utilização da máscara é importante nesse momento. A questão da transmissão sexual, é importante que as pessoas possam estar fazendo o uso do preservativo”, explicou o gestor. 

Perfil dos casos

Embora todos os sete casos da varíola dos macacos sejam de homens, o superintendente pontua que isso não representa um “padrão de vulnerabilidade”. “Temos a doença instalada também em crianças e pessoas do sexo feminino. Então que tenhamos mais cuidado, não só o público masculino. Higiene é a palavra de ordem”, finalizou Hérlon Guimarães. 

 

Breno Moreno
[email protected]

Imprimir