Cidadeverde.com
Esporte

Com gol validado pelo VAR, Flamengo arranca empate fora de casa com o Goiás

Imprimir

Goiás e Flamengo guardaram as emoções para os minutos finais no Hailé Pinheiro, na noite deste domingo (11). A equipe da casa saiu na frente com Diego, aos 34 minutos do segundo tempo, mas o Rubro-Negro empatou cinco minutos depois, placar em 1 a 1, em um lance que foi marcada falta em campo, mas o VAR chamou o árbitro, que mudou a decisão e deu o gol de Matheus França.

Foto - Gilvan de Souza - Flamengo

O desenho da partida foi o que se esperava com o Esmeraldino fechado, tentando explorar o contra-ataque e o Rubro-Negro com mais iniciativa. O time carioca pecou demais na primeira etapa e caiu de rendimento na segunda. 

O gol do Goiás saiu após pelo pivô feito por Pedro Raul, que deu o passe na medida para Diego. Já o empate do Fla saiu de uma divida de Léo Pereira com Tadeu.

Em campo, o juiz assinalou falta do zagueiro, mas foi ao monitor e reverteu sua decisão, confirmando o gol de Matheus França, que tocou a bola para o gol vazio.

Com a igualdade, o Flamengo perde a vice-liderança e cai para a terceira colocação, com 45 pontos, voltando a ficar nove atrás do líder Palmeiras. Já o Verdão encerra sua série de três vitórias seguidas e continua em nono, com 36 pontos.

Partida

Cebolinha recebeu um grande lançamento de David Luiz e ficou na cara do goleiro, mas se enrolou e não conseguiu finalizar aos 12'. O Fla ainda chegou com Marinho, que isolou aos 24 minutos, e Vidal, que furou aos 29.

Na sequência, o árbitro fez uma pausa para hidratação e os visitantes voltaram pressionando ainda mais nos 15 minutos finais. No entanto, a grande chance da etapa inicial foi do Verdão. Diego, sozinho, bateu cruzado de dentro da área e a bola raspou a trave.

A entrada de Matheus Sales na vaga de Dadá Belmonte, que sentiu a coxa ao final do primeiro tempo, reforçou o poder de marcação do Verdão, que deixou o embate ainda mais truncado na etapa final.

O duelo vinha bem morno até Pedro Raul fazer a diferença novamente, aos 34 minutos. O atacante fez a parede dentro da área e rolou para Diego. O meia chegou e, mesmo escorregando, pegou de primeira e mandou para a rede.

Em desvantagem, o Rubro-Negro se lançou ao ataque e conseguiu o empate quatro minutos depois. Arrascaeta cobrou escanteio e Léo Pereira dividiu com o Tadeu no alto.

A bola sobrou para Matheus França, que mandou para a rede. Em campo, o juiz marcou falta, entretanto consultou o monitor e mudou sua marcação.

As duas equipes entram em campo pela 27ª rodada do Brasileirão, no domingo (19). O Fla fará o clássico com o Fluminense às 16h, enquanto o Goiás visita o Bragantino às 11h.

Antes disso, no entanto, o time carioca decide uma vaga na final da Copa do Brasil contra o São Paulo. Com a vantagem de ter ganho a primeira partida por 3 a 1, o Rubro-Negro recebe o Tricolor no Maracanã na quarta (14), às 21h45.

Homenagens

Ex-presidente do Goiás, Hailé Pinheiro, que dá nome ao estádio do clube, faleceu na última quarta (7).

Por isso, na partida deste domingo, o clube goiano fez uma série de homenagens ao Seo Hailé: os jogadores jogaram com uma mensagem na camisa, uma mensagem de agradecimento foi colocada e, além, disso, o clube fez uma cerimônia para exaltar o dirigente.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir