Cidadeverde.com
Vida Saudável

Rainha Elizabeth morreu de velhice? Especialista explica

Imprimir

 

Reprodução/Twitter/RoyalFamily

 

A mais longeva monarca da história, a Rainha Elizabeth II, faleceu aos 96 anos de idade. A causa da morte ainda não foi apontada pela equipe médica responsável pela saúde da monarca e pela família real britânica. No entanto, agências de notícias internacionais divulgaram que ela teria sofrido uma queda, informação ainda não confirmada por familiares.

Através da conta oficial do Twitter, a Família Real informou que Elizabeth II "morreu pacificamente". Além da hipótese do acidente, a saúde da monarca era motivo de crescente preocupação desde outubro do ano passado, quando foi revelado que ela passou uma noite hospitalizada para ser submetida a "exames" médicos que nunca foram detalhados, bem como o fato da rainha ter sido diagnosticada com Covid-19 no ano passado.

Segundo o médico Vital Araújo, a Covid-19 acaba afetando pessoas idosas de forma desproporcional e que ela pode sim ter fragilizado a saúde da rainha.

"Sabemos que idosos em geral são grupos de risco para doenças infecciosas de qualquer etiologia, inclusive para a Covid-19. Idosos acabam tendo uma taxa de letalidade e mortalidade mais alta, com comorbidades e comprometimentos funcionais", explicou. 

Além da Covid, o especialista afirmou que os idosos, naturalmente, acabam apresentando uma maior propensão para diversas doenças, como:

- Doenças cardiovascular, como infarto agudo do miocárdio;
- AVC (derrames);
- Câncer;
- Diabetes;
- Pneumonias;
- Osteoporose;
- Infecção urinária;
- Doenças respiratórias"


É possível morrer de velhice?

O médico também respondeu uma dúvida que muita gente tem: é possível morrer de velhice?  "A velhice não é uma causa morte reconhecida. Há sempre uma causa mais diretamente relacionada com a morte. Portanto, geralmente, as mortes são causadas por alguma doença relacionada à velhice e não à velhice em si. Então, a rainha não morreu de velhice, mas sim de alguma outra doença que pode ter sido agravada pela idade", finalizou.

 

Da Redação
[email protected]

Imprimir