Cidadeverde.com
Vida Saudável

Saiba como escolher o melhor treino para o seu estilo de vida; especialista explica

Imprimir

 

Foto: Freepik

 

Ainda há tempo para alcançar o corpo dos sonhos. Antes das desculpas mais comuns que as pessoas usam para não irem à academia, existem algumas atividades que dão para encaixar na rotina. De acordo com o educador físico Ronaldo Godoi, os treinos variam de 20 a 60 minutos de duração e podem ser coletivos, para quem precisa de um ânimo extra e individual para os que focam em concluir as tarefas dentro do seu tempo.


LUTA

Uma atividade de curta duração, sendo em média 30 minutos, pode-se perder cerca de 400 calorias. A atividade, considerada por vezes refúgio para problemas do dia a dia, proporciona alívio do estresse. “Ao contrário do que muitos pensam, não é um treino que incentiva brigas, mas trabalha a concentração, diminui a raiva e é a prática de defesa pessoal, caso seja necessária em algum momento”, explica Godoi.

As lutas ajudam no aumento de força muscular, melhora o equilíbrio, desenvolve a resistência e acelera o metabolismo, favorecendo a redução de peso. A preparação da aula envolve saltos e muitos abdominais. 


DANÇA

Para quem gosta de música, de movimentar o corpo e muito incentivo para sair pingando de suor, a aula de dança é uma excelente opção. Em média, a atividade é capaz de gerar um gasto calórico de 200 a 600 calorias em uma hora de prática. “Muita gente acha a academia entediante, mas sabe a importância da atividade física para a saúde, então aulas mais dinâmicas e coletivas são o gás que faltava para tirar essas pessoas do sedentarismo!”, diz Ronaldo.


YOGA

Já para quem prefere atividades mais leves e relaxantes, mas que necessitam de muita consciência corporal, força e equilíbrio, a prática de yoga é a ideal. “É considerada a forma mais elevada de purificação e auto-disciplina, cobrindo tanto a mente quanto o corpo”, reforça o especialista.


MUSCULAÇÃO

Sendo a atividade física mais querida das academias, a musculação pode gerar um gasto calórico de até 600 calorias em uma hora, dependendo da intensidade e da sequência dos exercícios. O treino, antes visto como maçante e que necessitava de horas de duração para ser eficiente, agora possui estudos que comprovam que pode ser eficaz e de curta duração.

“Para cada aluno, a planilha de exercícios e sequência é individual, por isso recomendo que procure o profissional da academia para auxiliar nessa jornada. É nesse momento também que alinha-se a disponibilidade de vezes na semana e horas diárias, ficando viável e motivando o aluno para não desistir”, sugere o treinador físico.

 

Da Redação
[email protected]

Imprimir