Cidadeverde.com
Esporte

Abel Ferreira recusa oferta de clube inglês para continuar trabalho no Palmeiras

Imprimir

Abel Ferreira foi procurado por mais um clube do exterior. O sucesso à frente do Palmeiras fez o Brighton & Hove Albion, da Inglaterra, consultar os empresários do treinador, que não demonstrou interesse em deixar o Brasil por ora.

Foto - Cesar Greco - Palmeiras

Seu foco, no momento, é ser campeão brasileiro e seu desejo é permanecer no time alviverde.

A informação foi publicada inicialmente pelo UOL e confirmada ao Estadão. O Brighton busca um treinador para suceder Graham Potter, este que foi contratado pelo Chelsea para substituir o demitido Thomas Tuchel.

Quarta colocada do Campeonato Inglês, a equipe inglesa fez consultas ao estafe do técnico português, mas as conversas não avançaram.

Abel está valorizado com o trabalho bem-sucedido no Palmeiras e já recebeu sondagens de times da Turquia, Espanha, Portugal, sua terra natal, Itália, Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita e do Catar.

Nesse cenário, a diretoria procurou valorizar o treinador ao renovar em março deste ano seu contrato até o fim de 2024, aumentar seu salário e também a multa rescisória.

A ideia do Palmeiras é que Abel fique no clube ao menos até o fim da gestão de Leila Pereira. E o português tem esse mesmo desejo. O treinador, em mais de uma ocasião, avisou que não deixará o time paulista tão cedo e que se o fizer será para assumir uma equipe que dispute títulos.

Adorado pelo elenco, ele diz ter uma "ligação muito forte" com os jogadores e com o Palmeiras, um dos motivos para a permanência no clube, e gosta de dizer que as relações humanas são fundamentais para que as coisas fluam.

Outra razão para a continuidade do trabalho é a vinda da família para o Brasil. O comandante só aceitou renovar seu vínculo se sua mulher e as duas filhas se mudassem de Penafiel, em Portugal, para São Paulo, o que aconteceu recentemente, deixando o técnico mais tranquilo.

Abel ostenta cinco troféus desde que assumiu o Palmeiras no fim de outubro de 2020. Ganhou duas vezes a Libertadores, Copa do Brasil, Paulistão e Recopa Sul-Americana.

O próximo título pode ser o do Brasileirão, torneio que o time lidera com 54 pontos, oito de vantagem para o vice-líder Internacional. Segundo o Departamento de Matemática da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), a equipe tem 83% de chance de ser hendecacampeã nacional.

Caso cumpra o novo contrato até o final, Abel se tornará também o técnico com maior longevidade no comando alviverde. O atual recordista no quesito é Brandão, com três anos e oito meses consecutivos entre novembro de 1971 e julho de 1975.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir