Cidadeverde.com
Política

Candidato do PSTU afirma que vai reduzir jornada de servidores do estado para 6h

Imprimir

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com 

O candidato  do PSTU ao governo, Geraldo Carvalho, disse nesta terça-feira (13) que se for eleito vai reduzir a jornada de trabalho de servidores estaduais para 6 horas, sem dano ao salário. 

O plano, segundo o candidato, que defende um sistema socialista, é o de dividir a carga horária de órgãos do estado em turnos. Segundo ele, o Estado contratará mais 40 mil profissionais para ocuparem os novos turnos criados. 

“É uma necessidade, não tem como gerar empregos sem reduzir a jornada de trabalho, você pode gerar com outras medidas, mas essa é uma primeira. Você tem o chamado desemprego estrutural então você precisa de ter uma quantidade menor de carga horária para poder incluir mais trabalhadores dentro desse sistema”, declarou. 

Toda a mudança, conforme a proposta do PSTU, será feita por meio de um decreto estadual e posteriormente ampliada para o setor privado. 

Geraldo Carvalho ainda defendeu que o recurso para a empreitada venha de uma readequação do orçamento e de uma nova divisão entre os Poderes, além da taxação de grandes fortunas no estado. 

“O problema é que o orçamento do estado e dos municípios está expropriado pelo setor privado. Temos que afastar o setor privado, pegar de volta orçamento e tirar os privilégios dos vários setores. Dou o exemplo da Assembleia Legislativa do Piauí, que tem um orçamento quase igual do Tribunal de Justiça”, criticou. 

 

 


Paula Sampaio 
[email protected]

Imprimir