Cidadeverde.com
Últimas

Suspeitos de assalto morrem após troca de tiros na zona Norte de Teresina

Imprimir
  • morte.jpg Renato Andrade/Cidadeverde
  • 11323.jpg Renato Andrade/Cidadeverde
  • wqdqwwerw.jpg Renato Andrade/Cidadeverde
  • delegado_1.jpg Renato Andrade/Cidadeverde
  • tiro_11.jpg Renato Andrade/Cidadeverde
  • tiros_1.jpg Renato Andrade/Cidadeverde
  • iml_teresina_foto_do_renato.jpg Renato Andrade/Cidadeverde

Dois suspeitos de assalto, ainda não identificados, foram mortos na manhã desta terça-feira(13) após uma troca de tiros na zona Norte de Teresina. 

Segundo informações do major Audivam Nunes, coordenador da Força Tarefa da SSP, a dupla tentou assaltar dois seguranças do Instituto de Desenvolvimento do Estado do Piauí (Idepi). 

"Houve uma troca de tiros e um acabou morrendo no local. Quando chegamos, o segundo estava baleado e próximo do local do crime. Levamos para o HUT, mas informações que ele também não resistiu e foi a óbito. Eles tentaram assaltar e as armas foram apreendidas. Era uma pistola e uma arma calibre 38. O terceiro envolvido conseguiu fugir”, relatou o major Audivam.

Ainda segundo o major Audivam, os bandidos tentavam tomar as armas dos vigilantes do Idepi. Uma igreja evangélica próxima à cena do crime foi atingida por pelo menos três disparos de arma de fogo durante a troca de tiros. Não havia ninguém no local no momento do tiroteio. Dois tiros atingiram a parede e o terceiro o portão da igreja.

O delegado do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Genival Vilela, destacou que as informações ainda são preliminares, mas há suspeita de que o trio tentava de fato roubar a arma do segurança do Idepi. 

“Vamos conversar com o segurança, mas ele não se encontra aqui. A informação que nos foi repassada é que esses indivíduos tentaram abordá-lo, ele fugiu e efetuou um disparo. Alguém estava passando, não sabemos ainda quem, e atirou contra esses indivíduos”, acrescentou o delegado. 

Ainda segundo o delegado, os dois suspeitos de tentativa de assalto que morreram seriam conhecidos na região por envolvimento com o mundo da criminalidade. 

O corpo da vítima de homicídio foi recolhido pelo IML e a investigação está a cargo do DHPP.

Flash Nataniel Lima
[email protected] 

Imprimir