Cidadeverde.com
Geral

José Elias Arêa Leão, ex-presidente da Fundac, morre aos 83 anos em Teresina

Imprimir

Foto: Arquivo Pessoal

 

O  economista e produtor cultural José Elias Martins Arêa Leão morreu na noite desta terça-feira (13) em Teresina, aos 83 anos. Ele enfrentava tratamento contra um câncer e não resistiu às complicações da doença.   

José Elias é considerado um dos principais incentivadores da cultura piauiense nas últimas décadas. 

Ele chegou a ser presidente da Fundação Cultural do Piauí (Fundac), hoje Secretaria Estadual de Cultura. Também foi diretor do Teatro 4 de Setembro e do Arquivo Público. Também ajudou a consolidar eventos como o Encontro de Folguedos e o Salão de Humor. 

Nos últimos anos, antes da pandemia da Covid-19, se dedicou ao trabalho com idosos no Sesc. "Ele trabalhava no núcleo de idosos, fazia projetos culturais com eles. Foi um trabalho que deu muita alegria para ele. Só se afastou na pandemia", contou Bia Ferraz, sobrinha do economista. 

O velório acontece na funerária Pax União, na Avenida Miguel Rosa. 

O sepultamento está marcado para as 16h, no cemitério Jardim da Ressureição, na zona Sudeste. 

Nas redes sociais, amigos e figuras ligadas ao setor cultural lamentaram o falecimento de José Elias Martins Arêa Leão. 

 

 

 


Natanael Souza
[email protected] 

Imprimir