Cidadeverde.com
Vida Saudável

É mais difícil dormir durante o calor; veja dicas para dormir melhor

Imprimir

 

Foto: Freepik

 


Começou a contagem regressiva para as estações mais esperadas do ano. O sol e as cores vibrantes da primavera e do verão estimulam os encontros, viagens, passeios e atividades físicas ao ar livre. Em contrapartida, fica mais difícil pegar no sono e ter uma noite restauradora.  O maior culpado pela insônia de verão é a deficiência da melatonina, um hormônio que regula o ritmo circadiano (o ciclo de 24 horas dividido em vigília e sono).  

“À medida que os dias ficam mais longos, a produção de melatonina diminui. Então dá-se início a um processo em que o corpo se coloca ‘em pausa’ para poder baixar sua temperatura dispersando o calor através da pele. Mas quando está quente, esse processo é mais difícil”, explica a psicóloga especializada em terapia cognitiva Theresa Schnorbach.   

Além disso, diferentemente do que o senso comum afirma, o metabolismo desacelera durante as estações mais quentes. Uma pesquisa publicada na revista Trends in Endocrinology and Metabolism mostra que o metabolismo tende a acelerar quando está frio. 

O que leva as pessoas a perderem alguns quilos nas estações mais quentes é o fato de as altas temperaturas incentivarem a prática de exercícios ou atividades físicas, mesmo que não particularmente intensas. 

Além disso, o apetite durante verão muda. “Isso acontece como uma das respostas naturais do corpo. A principal preocupação fisiológica dos seres humanos é a termorregulação, ou seja, manter a temperatura corporal adequada, e a alimentação desempenha um papel essencial na manutenção dessa missão. Em outras palavras, ambientes quentes representam um esforço para manter a temperatura corporal baixa. Por isso a tendência é que as pessoas comam menos durante o tempo quente e comam alimentos ‘mais leves’ e ‘mais frios’”, esclarece a pesquisadora. 


Confira abaixo algumas dicas práticas que ajudam a dormir melhor:

1 - Limite o uso de álcool e cigarro ao longo do dia e evite-os totalmente algumas horas antes de dormir. 

2 - Certifique-se de que você comeu pelo menos duas horas antes de ir para a cama para dar ao seu corpo tempo suficiente para digestão e dormir tranquilo. 

3 - Evite o café depois das 14h. O principal modo de ação da cafeína é como um antagonista do receptor de adenosina. A adenosina está ligada ao aumento natural do cansaço durante o dia. Assim, a cafeína funciona reduzindo a fadiga, e isso pode resultar em dificuldades para a iniciação do sono. 

4 - Carboidratos podem ajudar a melhorar a qualidade do sono. O problema é que a dificuldade da maioria dos indivíduos está em comer carboidrato de fontes saudáveis como frutas, batatas, massas de grãos integrais, arroz integral e mingau de aveia. 

5 – Invista em um bom colchão. Em países quentes, como o Brasil, dê preferência a tecidos e tecnologias que proporcionem conforto térmico. 

 

Da Redação
[email protected]

Imprimir