Cidadeverde.com
Entretenimento

Clara Mello ministra oficina gratuita de escrita criativa no Palácio da Música

Imprimir

Fotos: Divulgação/Ascom

A escritora Clara Mello ministra uma oficina de escrita criativa a partir das 15h deste sábado no Palácio da Música, no Centro de Teresina. O curso, promovido pela Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMCMC), terá duração de 3h30 e será completamente gratuito.

Na oficina, voltada para jovens e adultos que buscam desenvolver o hábito da escrita e querem tirar suas ideias da cabeça e colocar em prática, serão abordadas técnicas de escritores consagrados da literatura mundial, práticas de roteiros audiovisuais e a metodologia criada e desenvolvida por Clara.

O objetivo da oficina é fomentar uma nova geração de piauienses com o domínio da escrita, estimular a leitura e a interpretação de texto, ampliar os conhecimentos de literatura e cultura trabalhados na escola, unir conhecimentos de diferentes áreas artísticas e culturais, promover a produção de textos autorais e inéditos. 

 

 

Durante a oficina os participantes serão guiados a levantar um texto do zero, com eficiência e originalidade, para que possam fazer isso sozinhos quantas vezes quiserem ou precisarem.  A ideia é democratizar conhecimentos desconhecidos da maioria das pessoas. 

Sobre a palestrante

Além de escritora, Clara Mello é roteirista e bacharel em letras-literaturas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Começou a escrever aos 8 anos, quando lançou seu primeiro livro “As Maluquices do Papai” em homenagem ao seu pai, o comediante João Cláudio Moreno, e já começou a participar de feiras literárias para crianças. 

Aos 16 anos, em 2010, publicou seu primeiro romance, “A Casa de Isabel”, com destaque em jornais importantes como O Globo, no Rio de Janeiro, e adotado em escolas cariocas e piauienses como paradidáticos. O livro foi reeditado em 2015, pela Bamboo Editorial. 

Escreveu por quatro anos a coluna semanal “Blog da Clara” no portal de notícias piauiense Cidade Verde, uma das colunas mais acessadas do site. Experiência que gerou o livro “Blog da Clara: Pequenas Grandezas do Dia a Dia”, publicado em 2014 e esgotado em menos de um ano.

Em 2017, estreou como roteirista com a série documental Guardiãs da Floresta, realizada com apoio da Ancine, e exibida no canal Cine Brasil TV. A série é dirigida por Betse de Paula e tem narração da atriz Dira Paes. Trabalhou também no longa-metragem documental Vozes da Floresta (2019), Encantadeiras (2020), e na série de ficção “O Síndico”, ambos com direção de Betse de Paula e realizados com apoio da Ancine. 

Assim como na série de animação para crianças “Família Super Notável”, da AKOM produções, para o YouTube. Ainda em 2017, publicou seu segundo romance “Despedida”, em 2018, seu livro de poesia “Vênus em Câncer”. Em 2020, realizou a Oficina de escrita criativa para escolas em versão online devido à pandemia, com apoio do SIEC 2020 e Equatorial Energia. Em 2021, estreou com o espetáculo Multi artes Hereditário, junto dos seus pais João Cláudio Moreno e Patrícia Mellodi, no qual, além de participar do elenco, foi roteirista.

Da Redação
[email protected]

Imprimir