Cidadeverde.com
Esporte

França perde para Dinamarca na Liga das Nações; Holanda garante vaga na semifinal

Imprimir

Com uma equipe muito bem treinada, a Dinamarca bateu a França em casa por 2 a 0, na tarde deste domingo (25), pela sexta rodada do Grupo A1 da Liga das Nações. Controlando a maior parte do jogo, o time marcou duas vezes no primeiro tempo com Dolberg e Stok Olsen.

O revés só não rebaixou os franceses para a Liga B porque a Croácia venceu a Áustria fora de casa por 3 a 1. Com isso, os Les Bleus mantiveram a terceira colocação com cinco pontos, contra quatro dos austríacos.

Por outro lado, o triunfo croata eliminou a Dinamarca. A seleção chegou 12 pontos, mas se manteve na vice-liderança, já que o país ex-Iugoslávia foi aos 13 e avançou para a fase final do torneio.

França e Dinamarca estão no Grupo D da Copa do Mundo e voltam a se enfrentar no dia 26 de novembro, às 13h. O embate, que poder a vingança francesa, acontecerá pela segunda rodada da chave, no estádio 974. Austrália e Tunísia completam o grupo.

Os primeiros 20 minutos de jogo tiveram uma Dinamarca com os jogadores atrás da linha da bola, enquanto a França criava oportunidades para abrir o placar. 

Schmeichel fez duas boas defesas, no chute de Mbappé, aos 7 minutos, e Griezmann, aos 13 minutos. Camavinga, aos 17', teve outra chance, porém a bola desviou na zaga e foi para fora.

Contudo, o belo lançamento de Eriksen que deixou Olsen cara a cara com Areola, que fez boa defesa, parece ter mudado o cenário do confronto. A marcação dinamarquesa passou a encaixar e o time passou a controlar completamente o confronto.

Em mais um belo passe de Eriksen, Damsgaard apareceu na esquerda para cruzar na medida para Dolberg abrir o marcador aos 31 minutos. Sete minutos depois, Eriksen bateu o escanteio, Maehle tocou para o meio e Delaney ainda ajeitou para Olsen pegar de primeira e anotar o segundo.

A França voltou para a segunda etapa com duas mudanças. Com as entradas de Clauss e Fofana nas vagas de Saliba e Camavinga, o time foi mais agressivo e foi ao ataque para tentar evitar a derrota, que poderia rebaixá-la no campeonato.

Schmeichel, que já havia aparecido bem na etapa inicial, voltou a se destacar com três defesas em três minutos no segundo tempo entre os 21 e os 24 minutos. Primeiro, salvou em lance cara a cara com Mbappé. 

Em seguida, agarrou firme o chute de Clauss de fora da área e, para completar, brilhou mais uma vez em um confronto com Mbappé dentro da área.

A pressão francesa não demorou muito tempo e os mandantes voltaram a chegar com perigo aos 37', em novo escanteio de Eriksen. Braithwaite cabeceou e a bola tirou tinta da trave.

Holanda x Bélgica

Em outra partida pela Liga das Nações neste domingo (25), a Holanda venceu a Bélgica por 1 a 0, no Johan Cruyff Arena e carimbou a sua vaga às semifinais do campeonato.

O capitão holandês Virgil van Dijk foi o autor do único gol do jogo do confronto aos 28 minutos do segundo tempo, após cobrança de escanteio.

A Holanda fechou a fase de grupos de forma invicta -com cinco vitórias e apenas um empate. Líder no Grupo 4, acumulou 16 pontos.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir