Cidadeverde.com
Esporte

Futsal: Campo Largo aplica goleadas e tem 100% de aproveitamento em dois jogos da Taça Brasil

Imprimir


Foto: Carlos Pasti/CBFS

A Taça Brasil Interclubes de futsal teve início no último domingo (25), em Anápolis (GO). O Piauí tem o Campo Largo como único representante do estado. O time comandado por Clemilton Miranda venceu seus dois primeiros compromissos com goleadas e mostra até aqui superioridade na fase de grupos. Na estreia, superou o Abílio Nery (AM) por 5 a 1 e na segunda-feira (26) nova vitória elástica deva vez sobre o Balsas (MA) por 4 a 0. Hoje o time piauiense folga na tabela. 

Nesta terça-feira (27) os piauienses folgam na tabela e voltam à quadra amanhã (28) quando irão enfrentar o ANSEF de Goiás, às 20h, no Ginásio Internacional Newton Farias (GO). São nove gols marcados e apenas um sofrido em dois jogos. 

Na rodada de segunda-feira (28), venceu o Balsas (MA) por 4 a 0, com gols Leleco, Aylson, Alisson e Wellington Teimão. Na rodada de estreia, os piauienses do Campo Largo golearam o Abílio Nery (AM) por 5 a 1, com direito a hat-trick de Levi, Lelelo e Aylson completaram a vitória elástica. 

A equipe do Campo Largo aposta na juventude e especial em suas categorias de base, com pouquíssimas exceções o time comandado por Clemilton tem nomes que estão defendendo as cores do clube desde as categorias sub17. 

Os próximos rivais dos piauienses, em dois jogos tem uma vitória e um empate, ainda não foram derrotados na competição. O Ansef (GO) venceu por 3 a 2 a equipe do Itaporanga-SE e tem um empate sem gols diante o time de Manaus, Abílio Nery.  

O Campo Largo tem agenda de compromissos nacionais nas próximas semanas. Segue na disputa da Taça Brasil Interclubes que tem sua final para acontecer no sábado (1°). Depois disso, retorna para Teresina e segue as disputas do Piauiense, mas já mirando as disputas da Copa Nordeste que acontece entre os dias 16 e 22 de outubro, em Fortaleza (CE) e competição com 16 clubes e o Piauí terá – Campo Largo e AABB/Mesa 14 como representantes. 

 

 

Pâmella Maranhão 
[email protected]

Imprimir