Cidadeverde.com
Picos

Em Picos, promotora explica como denunciar irregularidades no dia das eleições

Imprimir

Foto: Paula Monize/cidadeverde.com/picos

Promotora do MP - Romana Leite Vieira

O pleito geral de 2022 será realizado no próximo domingo (02 de outubro) para escolha dos representantes aos cargos de deputado estadual, federal, senador, governador e presidente da República. Durante a votação, irregularidades poderão ser cometidas, como compra de votos, uso de material de campanha indevido, e estas condutas podem ser denunciadas à Justiça Eleitoral.

A promotora de justiça do Ministério Público do Piauí, Romana Leite Vieira, em entrevista ao Cidadeverde.com/picos explicou como a comunidade picoense e da região podem denunciar irregularidades nas suas respectivas zonas de votação. 

“A fiscalização se dá através de visitações aos locais de votação, assim também como recebimento de denúncias. No dia da eleição, eu [promotora] e o juiz eleitoral vamos estar visitando os principais locais de votação na nossa zona eleitoral de Picos e também estaremos aqui no Cartório Regional Eleitoral para receber denúncias”, disse a promotora.

As denúncias poderão ser feitas junto ao Ministério Público via telefone (89) 3422-1141, pela ouvidoria disponível no site do Ministério Público, na sede do Cartório Regional Eleitoral de Picos (bairro DNER) e do Ministério Público, que fica localizada no bairro Catavento. 

A promotora Romana Leite Vieira ainda ressaltou que diante de uma suposta denúncia, os elementos serão apurados e encaminhados para a competência da Procuradoria Regional Eleitoral.

"Essa eleição por ser geral a parte jurídica compete ao 2° Grau que é a Procuradoria Regional Eleitoral. Mas fazemos esse apurado aqui, fazemos o apanhado das provas, elementos e encaminhamos para o procurador regional eleitoral", concluiu.

 

Paula Monize
[email protected]

Imprimir