Cidadeverde.com
Esporte

Flamengo perde para o Fortaleza e continua sem vencer no Campeonato Brasileiro

Imprimir

Com duas decisões de título pela frente no mês de outubro (Copa do Brasil e Libertadores), o Flamengo perdeu para o Fortaleza por 3 a 2, nesta quarta, pelo Campeonato Brasileiro, e mais uma vez decepcionou a sua torcida. 

FOTO: LEONARDO MOREIRA/FEC

O gol da vitória do time mandante foi marcado aos 49 minutos de segundo tempo por Caio Alexandre.

O resultado manteve o time rubro-negro nos 45 pontos e cada vez mais distante de qualquer possibilidade de título do torneio. O Fortaleza, que tenta abrir vantagem da zona de rebaixamento, chegou aos 34.

O empate marca um visível declínio flamenguista no Nacional. A última vitória pela competição aconteceu há um mês, no 1 a 0 sobre o Botafogo. Depois disso, a equipe do técnico Dorival Júnior empatou com o Ceará e Goiás e depois perdeu o clássico contra o Fluminense.

Para complicar ainda mais a situação, o time carioca não contou com Everton Ribeiro, Arrascaeta, Pedro e Vidal, todos envolvidos em jogos da data Fifa. O Flamengo volta a campo no final de semana e recebe o Bragantino no sábado, no Maracanã. Já o Fortaleza enfrenta o Goiás como visitante.

O jogo foi marcado por muitas reviravoltas no placar. Pedro Rocha abriu o placar na etapa inicial. Gabigol empatou e virou a partida ainda no primeiro tempo. Na volta do intervalo, Pedro Rocha deixou tudo igual logo no início e, já nos acréscimos, Caio Alexandre definiu a partida em 3 a 2.

Na partida, o Fortaleza adotou a estratégia de dar a bola para o Flamengo a fim de explorar os contra-ataques. O time carioca dominou a parte inicial do jogo e chegou a ter mais de 70% de posse de bola. No entanto, quem acabou mexendo no placar foi o time da casa.

Pedro Rocha aproveitou a marcação frouxa do adversário e marcou um golaço. Partindo do campo de defesa, ele passou por David Luiz e João Gomes, evitou a chegada de Léo Pereira e, já na área, bateu forte, no canto, para fazer 1 a 0 aos 17 minutos.

A vantagem fez com que o Fortaleza se fechasse ainda mais à espera do Flamengo. Sem contar com peças importantes da criação como Arrascaeta e Everton Ribeiro conta da data Fifa, o time carioca centralizou as ações e facilitou a marcação dos cearenses.

Mas um erro da defesa do Fortaleza acabou decretando o empate na partida. Gabigol recebeu um presente de Ronald numa bola recuada, passou por Marcelo Benevenuto e bateu forte, no alto: 1 a 1 aos 31 minutos.

A partida ficou movimentada, o Fortaleza saiu mais para o jogo e as oportunidades começaram a ser frequentes.

Com mais presença ofensiva, o Flamengo acabou conseguindo a virada em outra bobeira da defesa. Mateusão foi lançado na área e contou com a precipitação de Marcelo Benevenuto, que acabou cometendo pênalti Gabigol foi para cobrança e fez 2 a 1 aos 49min.

A volta do intervalo foi frenética em função do empate do Fortaleza logo aos 6 minutos. Thiago Galhardo foi no fundo, rolou para trás, Tinga serviu a Pedro Rocha que mandou a bola no cantinho e deixou tudo igual novamente.

O duelo ganhou em intensidade, o Flamengo adiantou a marcação e o Fortaleza passou a ter espaço para as arrancadas de Thiago Galhardo e Pedro Rocha.

Pelo lado do Flamengo, Gabigol seguiu como armador mais perigoso do time rubro-negro. Aos 21 minutos, a chance do terceiro gol esteve nos pés de João Gomes, que bateu colocado, mas errou o alvo.

Com apoio da torcida, o Fortaleza foi com tudo em busca do terceiro gol. Em duas cobranças seguidas de escanteio, Otero bateu direto para o gol e obrigou Santos duas difíceis defesas. Pressionado, o Flamengo recuou para suportar a pressão.

Mas de tanto insistir, o time da casa acabou chegando ao seu objetivo. Em mais um lance de bola na área, Caio Alexandre aproveitou rebote de Santos para estufar a rede e garantir a vitória por 3 a 2 aos 49 minutos.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir