Cidadeverde.com
Entretenimento

Divulgado e-mail emocionado de Angelina Jolie para Brad Pitt

Imprimir

Foto: FramePhoto/Folhapress


Um e-mail emocionado que Angelina Jolie enviou, em janeiro de 2021, para Brad Pitt, antes do processo de separação dos dois, revela que os desentendimentos do agora ex-casal começaram antes de vir à tona polêmicas envolvendo a relação deles. A atriz começa a mensagem, que viralizou no TikTok, dizendo que está "colocando por escrito para não se emocionar". O Entertainment Tonight verificou a veracidade do texto, encontrado em um dos processos judiciais dos artistas.

O e-mail começa com Angelina comentando a decisão de vender a sua parte da vinícola Chateau Miraval, que pertencia ao casal e hoje é alvo de uma das ações movidas por Pitt contra a ex.

"É o lugar para onde trouxemos os gêmeos para casa e onde nos casamos por causa de uma placa na memória da minha mãe. Um lugar que continha a promessa do que poderia ser e onde eu pensei que iria envelhecer. Mesmo agora impossível escrever isso sem chorar Vou guardar minhas memórias do que era uma década atrás. Mas também é o lugar que marca o início do fim de nossa família - e um negócio que é centrado em álcool. Esperava que, de alguma forma, pudesse se tornar algo que nos unisse e encontrássemos luz e paz. Vejo agora como você realmente queria que eu saísse e provavelmente ficará feliz em receber este e-mail", diz.

"(Fiquei) prejudicada por decisões tomadas que não mostram interesse em compartilhar o negócio ou transformá-lo fundamentalmente em algo que seria mais saudável para nossos filhos... Muitas vezes você não consegue reconhecer algo de maneira pessoal, especialmente se seu foco estiver nas maiores injustiças globais, porque todo o resto parece menor. Isso é tão difícil. Eu gostaria de poder ter essa discussão e é tão importante… Eu não sou o tipo de pessoa que toma decisões, como as que tive que tomar de ânimo leve. Demorou muito para eu estar em uma posição em que senti que tinha que me separar do pai dos meus filhos", continuou a atriz.

"Desejo tudo de bom para o negócio, e espero sinceramente que as crianças se sintam diferentes sobre Miraval quando forem mais velhas e visitem você lá. Mas Miraval para mim morreu em setembro de 2016, e tudo o que vi nos anos desde então confirmou isso".

Em setembro deste ano, a ex-empresa de Angelina entrou com um processo de cerca de US$ 250 milhões contra Pitt, alegando que o ator tramou tirar dela o controle da vinícola. A ação cita o vício do ator em álcool, além do incidente do avião em 2016.

Brad Pitt e Angelina Jolie se casaram em 2014 e são pais de seis filhos: Maddox, 21, Pax, 18, Zahar, 17, Shiloh, 16, Vivienne, 14, e Knox, 14.

 


Fonte: Estadão Conteúdo 

Imprimir