Cidadeverde.com
Entretenimento

Xuxa relembra lenda urbana do 'disco de trás pra frente'

Imprimir

Foto: Andy Santana / AgNews

Xuxa, 59, surpreendeu os seguidores nesta segunda-feira (24) ao relembrar uma lenda urbana que envolvia seu nome nos anos 80. Na época, espalhou-se o boato de que o disco da apresentadora teria mensagens demoníacas escondidas, que seriam ouvidas quando o LP era tocado do fim para o começo.

Ela publicou um meme sobre o assunto envolvendo o presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição. "Quando você toca o LP da Xuxa de trás pra frente", dizia a legenda da imagem, na qual o rosto do político foi colocado sobre o corpo da apresentadora, vestida com os figurinos extravagantes de quando comandava programas infantis.

Abaixo do meme, ela ainda escreveu "Hahaha, indicando que se divertiu com a comparação. Vale lembrar que, mesmo sendo uma brincadeira, esse foi um assunto que ela não comentava publicamente quando surgiu, seja por achar desnecessário seja porque as pessoas temiam perguntar.

Porém, Xuxa vem demonstrando estar aberta a falar sobre temas que antes era tabus para ela. Recentemente, ela falou sobre o filme "Amor, Estranho Amor" (1982), em que ela aparece em cena de sexo com um adolescente.

"Antes de qualquer coisa, eu gostaria de dizer para vocês que quem está aqui falando não é aquela menina que tinha 18 anos e fez o papel de uma menina de 15 anos que foi vendida para um prostíbulo para ser dada de presente para um político", comentou. "Esse filme foi baseado em algumas histórias e acontecia no ano de 1939, 1940. E até hoje a gente ouve e vê situações como essas."

A fala se deu em um vídeo, também publicado nas redes sociais, no qual ela aparece falando a respeito de uma fala do presidente sobre ter "pintado um clima" com "menininhas de 14 ou 15 anos" durante uma visita a São Sebastião, na periferia do Distrito Federal. "Vote contra esse senhor", pediu ela.

A a apresentadora lembrou ter sido vítima de abuso sexual e contou que ficou "engasgada, enojada e com raiva de que ninguém está fazendo nada". "Ele pode fazer porque ele é presidente? Ele pode porque ele é homem?", questionou.

Fonte: Folhapress

Imprimir