Cidadeverde.com
Vida Saudável

Dicas de beleza para 'levantar' o olhar e amenizar as olheiras

Imprimir

Foto: Pixabay


Quando se pensa em aparência de cansaço e aspecto de "olhar caído", logo associam-se essas condições às olheiras. No entanto, nem sempre o que provoca esses aspectos são as sombras e/ou concavidades abaixo dos olhos.

Segundo o dermatologista Dr. Marcus Morais (CRM-MG 38194), "A aparência cansada e o 'olhar caído' também podem estar relacionados a outras questões que não apenas às olheiras. Em alguns casos, aplicar bioestimulador de colágeno na região das têmporas, por exemplo, proporciona mais firmeza e densidade dérmica para essa região, promovendo um efeito de sustentação da face e amenizando aquela aparência de derretimento do rosto".

Com o objetivo de promover uma abordagem holística do cuidado com a pele, a Galderma, empresa especialista em soluções e tratamentos dermatológicos, criou o conceito "Bright Eyes". Nele, os profissionais da saúde habilitados à prática de procedimentos estéticos injetáveis são convidados a abordar cada paciente de forma individualizada, associando as aplicações do preenchedor a base de ácido hialurônico Restylane e do bioestimulador de colágeno Sculptra para tratar a região do terço superior da face e, assim, promover uma melhora na aparência da região dos olhos, entendendo o caso de cada paciente e personalizando o protocolo de tratamento.

"Diversas áreas da região dos olhos podem impactar o nosso olhar São elas: têmporas, pálpebras inferiores e superiores, região das bochechas e toda borda óssea ao redor dos olhos. Conforme vamos envelhecendo, essas áreas vão perdendo colágeno e ácido hialurônico, remodelando o osso, deixando a região com o aspecto 'caído', flácido e rugoso. Nesses casos, usamos a abordagem Bright Eyes, aplicando bioestimulador de colágeno nas têmporas e preenchedor a base de ácido hialurônico nos sulcos palpebrais, têmporas profundas e região malar", explica o médico.

Caso esse incômodo na aparência se concentre realmente nas olheiras e não nas demais regiões, é necessário avaliar o tipo de olheira para entender quais géis de ácido hialurônico e outras soluções podem ser utilizados.

Tipos de olheiras e como tratá-las

Existem três classificações:

Vasculares - causadas por retenção de líquido ou problemas circulatórios;

Pigmentares - excesso de melanina na região dos olhos (hiperpigmentação), com tons amarronzados. Afeta mais peles negras e morenas;

Profundas - causadas pela anatomia óssea e de gordura do rosto do indivíduo, em que a região abaixo dos olhos se encontra mais "funda" do que as áreas ao redor, levando a um efeito de escurecimento por conta da sombra provocada por esses desníveis.

O dermatologista Dr. Marcus Morais orienta "Além dos procedimentos estéticos pouco invasivos com preenchedor a base de ácido hialurônico, é possível utilizar diversas tecnologias bem como cosméticos voltados para a área dos olhos, como séruns e cremes, realizar compressas diárias de água gelada, ter uma boa alimentação (menor ingestão de álcool e sal, responsáveis pelo aumento do inchaço da região associados à flacidez) e usar protetor solar diariamente".

O mais importante é avaliar cada caso de forma individualizada e procurar por um profissional da saúde de confiança.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir