Cidadeverde.com
Últimas

Gisele Bündchen dá ultimato a Tom Brady em meio a briga conjugal

Imprimir

 

 

A modelo Gisele Bündchen, 42, teria dado um ultimato ao marido, Tom Brady, 45, em meio a briga conjugal. Uma fonte disse a US Weekly que a modelo disse a Brady para deixar o futebol e passar mais tempo com a família ou ela iria embora para sempre.

Gisele não quer que o marido continue se machucando na NFL e quer que ele aproveite a vida ao lado da família. Procurados pelo Page Six, os representantes do casal não responderam.

Os dois enfrentam uma crise conjugal desde o início de setembro e já estariam vivendo separadamente há mais de um mês. Os desentendimentos teriam começado depois que o jogador de futebol americano voltou atrás na decisão de se aposentar do esporte, o que seria o desejo de Gisele.

A crise conjugal veio a público após Brady virar notícia nos Estados Unidos por ter faltado aos treinos de sua equipe, os Tampa Bay Buccaneers, durante 11 dias em agosto. Ao ser perguntado sobre o assunto, em 27 de agosto, ele disse que a ausência tinha sido por "motivos pessoais".

"Todo mundo tem diferentes situações pelas quais está passando", afirmou à imprensa após o fim do jogo. "Todos temos desafios únicos em nossas vidas. Tenho 45 anos, cara. Tem muita coisa acontecendo."

Uma das reclamações constantes da modelo seria o de precisar fazer tudo sozinha. "Há um par de anos, Gisele achava que eu não estava fazendo a minha parte pela família", admitiu Brady em entrevista ao programa SiriusXM, em 2020.

"Ela achava que, se eu jogasse a temporada inteira, ela teria que cuidar da casa", relatou. "Ela não estava satisfeita com o nosso casamento, então precisei mudar isso. O argumento dela era: 'Bem, claro que isso funciona para você, tudo funciona para você, mas não está funcionando para mim."

 

Fonte: Folhapress 

Imprimir