Cidadeverde.com
Esporte

Radar da Seleção: Rodada tem Gabriel Jesus 'garçom' e preocupações na defesa

Imprimir

A rodada do fim de semana no futebol europeu trouxe alegrias e preocupações para o técnico Tite. Presente em algumas partidas in loco, o treinador pôde comemorar a boa fase dos atacantes brasileiros, mas deve encerrar seu giro pela Europa com dores de cabeça na defesa.

Técnico Tite com auxiliares em treino da Seleção — Foto: Lucas Figueiredo / CBF

As alegrias são resultado do bom momento vivido por Vinicius Junior, Gabriel Jesus e Raphinha. O atacante do Real Madrid não conseguiu evitar o empate por 1 a 1 com o Girona, mas deixou sua marca - Rodrygo também foi titular, mas passou em branco em dia de desfalque de Benzema.

Ainda pelo Campeonato Espanhol, Raphinha começou no banco, mas foi decisivo na vitória do Barcelona sobre o Valencia. Foi dele o passe para Lewandowski marcar o único gol da partida, disputada fora de casa.

Gabriel Jesus, por sua vez, teve dia de "garçom" na goleada do Arsenal sobre o Nottingham Forest por 5 a 0. O atacante passou em branco, mas deu duas assistências. Gabriel Martinelli, também titular, marcou um dos gols da partida.

Pelo Manchester United, Casemiro enfim se firmou entre os 11 iniciais. No domingo, sua equipe derrotou o West Ham por 1 a 0.

No sábado, também pelo Campeonato Inglês, o confronto entre Newcastle e Aston Villa contou com a presença de Tite nas tribunas.

O treinador da seleção brasileira foi acompanhar de perto as atuações de Bruno Guimarães e Philippe Coutinho. Guimarães teve bom desempenho na goleada de 4 a 0 do seu Newcastle, enquanto Coutinho mais uma vez começou no banco e só entrou em campo no decorrer do segundo tempo.

As maiores preocupações de Tite, contudo, estão na defesa. No fim de semana, o zagueiro Éder Militão foi reserva e só entrou em campo aos 42 minutos do segundo tempo.

O técnico Carlo Ancelotti não confirmou se deixou o brasileiro no banco para poupá-lo devido à sequência de jogos, que inclui rodada da Liga dos Campeões neste meio de semana.

Além de Militão, preocupam o zagueiro Bremer e o lateral-direito Daniel Alves, por falta de ritmo. O primeiro, da Juventus, está machucado e não joga há duas semanas.

Já o veterano está em situação delicada. Vai completar 40 dias sem jogar porque seu time, o Pumas, já foi eliminado no Campeonato Mexicano.

A rodada do fim de semana também acendeu o alerta quanto a Thiago Silva e Danilo. O zagueiro esteve em campo ao longo dos 90 minutos da goleada que o Chelsea sofreu para o Brighton, por 4 a 1. Thiago Silva apresentou performance abaixo da média.

Pela Juventus, o lateral-direito Danilo está se consolidando como zagueiro, na formação do técnico Massimiliano Allegri.

O novo posicionamento do brasileiro preocupa porque ele vem sendo o único lateral-direito de ofício que Tite vem chamando para a seleção, principalmente porque Daniel Alves está sem ritmo de jogo.

Nos últimos dois amistosos da seleção, o treinador até improvisou o zagueiro Militão na lateral-direita, num ensaio do que poderá fazer na Copa do Mundo, daqui a menos de um mês, no Catar. Se Danilo for mantido na zaga na Juventus, Tite terá que pensar em mais uma opção para o setor, na seleção.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir