Cidadeverde.com
Esporte

Copa do Mundo: Tite ainda não ‘crava’ lista final da seleção e cita nomes monitorados

Imprimir

O técnico Tite está a seis dias de oficializar os nomes que irão vestir a camisa da Seleção na Copa do Mundo no Catar, que inicia no dia 20 de novembro e vai até 18 de dezembro. Os 26 escolhidos por Tite irão buscar o tão desejado hexacampeonato para o país e nessa reta final o técnico vem dando um ar de mistério sobre essa convocação final e reforça que todos os atletas que defenderam a seleção recentemente estão sendo monitorados de perto.

“A gente trás até o dia 7 (de novembro) esse acompanhamento, eu não gosto de falar isso, mas é uma realidade, pois até o dia sete infelizmente corremos risco de lesão e nos temos até pelo planejamento ter até lá os atletas monitorados para que eles estejam em suas melhores condições e nisso está sim Matheus Cunha e uma série de atletas importantes, de características importantes”, explicou Tite em coletiva.

O técnico fez questão de reforçar necessidade dessa cautela e atenção aos nomes em especial por conta do risco de lesão e apesar de através das convocações recentes ou mesmo escolhas para os últimos amistosos não ter apresentado surpresas, faz questão de afirmar de não cravar a lista final de convocados.

Foto: Luis Figueiredo/CBF

“É Pedro, é Firmino que voltou a fazer gols dos três jogadores da última convocação que não pudemos utilizar está Ederson um extraordinário goleiro, tá Weverson extraordinário goleiro, tá Firmino porque não dá para oportunizar a todos então tem coisa em aberto”, finalizou o técnico Tite”

A convocação dos 26 nomes que irão para Copa do Mundo no Catar acontece no dia 7 de novembro. A seleção brasileira estreia no dia 24 de novembro contra a Servia e na sequencia irá enfrentar na fase de grupos Suíça e Camarões.

Todas as informações da Copa do Mundo você poderá acompanhar através do grupo Cidade Verde com o projeto ‘Cidade Verde Amarela’ – rádio, TV e cidadeverde.com integrados com materiais específicos para o Mundial do Catar.

 

 

Pâmella Maranhão
[email protected]

Imprimir