Cidadeverde.com
Política

Desembargadora Liana Chaib é escolhida ministra do TST por Bolsonaro

Imprimir

Foto: Benonias Cardoso 

A desembargadora Liana Chaib, do Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região, foi escolhida ministra do Tribunal Superior do Trabalho (TST) pelo presidente Jair Bolsonaro. O decreto com a escolha será publicado nesta terça-feira (1). 

Liana Chaib estava na lista tríplice formada pelo TST e disputava o cargo com as desembargadoras Joseane Dantas dos Santos, do TRT-21 (Rio Grande do Norte) e Ana Paula Lockmann, do TRT-15 (Campinas).

A vaga no Tribunal é em decorrência da aposentadoria do ministro Renato de Lacerda Paiva, reservada para membros de carreira da magistratura. 

A desembargadora Liana Chaib já presidiu o TRT da 22ª Região por duas vezes.  A última no biênio 2018-2020. Recentemente, ela passou a integrar a Academia Piauiense de Letras Jurídicas. A desembargadora ocupa a Cadeira 21 que tem como patrono seu pai, Jorge Azar Chaib.

A nova ministra será sabatinada pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal, e, após a aprovação pela Comissão, o nome será submetido ao plenário do Senado Federal antes da nomeação.

Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir