Cidadeverde.com
Esporte

STJD adia julgamento do Sport por invasão de torcida e inclui Vasco na denúncia

Imprimir

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) definiu nesta quarta-feira o adiamento do julgamento do julgamento do Sport por conta da invasão de torcedores no estádio da Ilha do Retiro na partida contra o Vasco, pela Série B do Campeonato Brasileiro, no último dia 16. Ele estava previsto para ser realizado na quinta-feira.

Foto - Daniel Ramalho - Vasco

O procurador do tribunal, Ricardo Piacente, já havia solicitado na terça-feira o adiamento do julgamento e a relatora do processo, a auditora Adriene Hassen, deferiu o pedido, que passa a incluir o Vasco por tumulto (artigo 257) e o goleiro Halls por praticar agressão física (artigo 254-A). Os processos serão julgados em conjunto.

O adiamento do julgamento na véspera da data prevista coloca ainda mais combustível na briga pelo acesso, neste fim de semana A Série B terá pela primeira vez na era pontos corridos uma "final" na última rodada.

Ituano e Vasco são dois dos concorrentes às últimas vagas para a elite do futebol brasileiro e se enfrentam no domingo, às 18h30, em Itu, em confronto decisivo. Cruzeiro e Grêmio já garantiram o acesso.

O STJD julgará o Sport pela desordem e invasão de torcedores no gramado da Ilha do Retiro na partida contra o Vasco, no dia 16 de outubro. A equipe pernambucana saiu na frente do placar, mas o time carioca empatou aos 49 minutos do segundo tempo. 

Autor do gol, o atacante Raniel, que foi revelado pelo Santa Cruz, rival do Sport, provocou os rubro-negros nas arquibancadas e dezenas de torcedores invadiram o gramado. O jogo foi encerrado faltando poucos minutos para o fim.

Na confusão, objetos foram arremessados no gramado e um homem chegou a agredir uma bombeira que prestava socorro a um torcedor Os jogadores do Vasco correram para o vestiário. O árbitro Raphael Claus considerou que não havia segurança para retomar o jogo e encerrou a partida. 

A CBF emitiu nota após a partida lamentando os episódios de violência, cobrou medidas drásticas de punição ao STJD e disse que aguarda que o tribunal "atue com o rigor necessário para banir os responsáveis pelas cenas chocantes".

O Sport foi indiciado nos artigos 211, 213 e 205 e também nos artigos 19 e 20 do Regulamento Geral de Competições da CBF. O clube pode ser punido em até 10 mandos, além ter de pagar R$ 100 mil de multa e correr o risco de perder o ponto da partida.

O cenário é incerto quanto à possível perda de pontos do Sport na decisão do STJD. O clube pernambucano alega que sete pessoas já foram autuadas e que trabalha em colaboração com as autoridades.

O vice-presidente jurídico Rodrigo Guedes também vai contestar a versão do Vasco de que a delegação carioca estaria encurralada no vestiário e apresentará imagens das câmeras de segurança.

Os atletas Raniel e Luiz Henrique, que foram punidos pelo tribunal por provocarem a torcida adversária e cumpriram a suspensão nas últimas duas partidas, também serão julgados.

O QUE BAHIA, VASCO, ITUANO E SPORT PRECISAM PARA GARANTIR O ACESSO?

O Vasco está na quarta posição, com 59 pontos, mesma pontuação do terceiro colocado Bahia, que tem dois gols a mais de saldo e visita o CRB, em Alagoas. 

O time carioca foi derrotado em casa pelo Sampaio Corrêa na última rodada, sofrendo um gol no último lance da partida. Foi o único resultado negativo da equipe como mandante na competição. Ao fim do jogo, o clima era dramático em São Januário.

Na última sexta-feira, o Ituano venceu o Londrina por 2 a 0, no Paraná, e se candidatou ao principal adversário do clube carioca para conseguir o acesso à elite. A equipe de Itu está em quinto, com dois pontos a menos que o Vasco.

A equipe carioca pode vencer ou empatar o jogo que subirá de divisão. Em caso de derrota para o Ituano, precisaria de uma combinação improvável de resultados: torcer por uma derrota do Bahia para o CRB por pelo menos três gols de diferença e que o Sport não goleie o Vila Nova, em Goiânia, por cinco gols de diferença.

O Ituano venceu o Londrina por 2 a 0, no Estádio do Café, na última rodada e vai fazer a "final" com o Vasco por uma vaga na Série A, no próximo domingo. O time não era apontado como um dos principais candidatos ao acesso à Série, mas vem de ótima campanha de recuperação na competição. 

O Ituano é o sétimo melhor mandante, enquanto o time carioca perdeu oito, empatou uma e venceu outra das últimas dez partidas como visitante. Só a vitória interessa ao Ituano.

O Bahia precisa apenas de um empate diante do CRB, em Alagoas, para conseguir a classificação. Caso seja derrotado, tem uma vantagem de sete gols diante do Sport, que está a três pontos do G-4 da Série B e é o que vive a situação mais difícil pelo acesso. 

A equipe pernambucana está na sexta posição, com 56 pontos e, para subir de divisão, precisa de uma goleada diante do Vila Nova, fora de casa, além de uma derrota do Bahia para o CRB.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir