Cidadeverde.com
Vida Saudável

Sedativo natural: Comer chocolate alivia a cólica menstrual

Imprimir


Foto: Freepik

 

Pesquisa realizada com 84 voluntárias entre 18 e 25 anos, por cientistas da Universidade Manisa Celal Bayar, na Turquia, apontou que comer chocolate pode aliviar a cólica menstrual. Isso porque o chocolate possui substâncias de efeito estimulante e antidepressivo e, quando ingerido, traz uma sensação de prazer e conforto que ameniza os sintomas.

Segundo a nutricionista Alexandra Corrêa de Freitas, para obter os diversos benefícios que o chocolate proporciona, recomenda-se o consumo diário ou no mínimo de 3 a 5 vezes por semana, de chocolates com maior concentração de cacau, sendo ideal aqueles que possuem no mínimo 70% cacau. “A quantidade aconselhada deve ser de 30g ao dia, o que seria equivalente a 2 a 3 quadradinhos das barras de chocolate. É realmente importante atentar-se à quantidade e tipo do chocolate escolhido, pois em excesso pode aumentar os níveis de glicose e colesterol no sangue, favorecer o ganho de peso”, explica. 


Do que o chocolate é feito?

O principal ingrediente necessário para a fabricação de chocolate é o cacau, mas nem só de cacau se faz um chocolate. Os chamados chocolates ao leite, por exemplo, além de cacau possuem leite e açúcar em sua composição. O cacau tem sabor amargo e, por isso, os chocolates mais amargos são os que possuem maior concentração de cacau e menor composição de açúcar. Por outro lado, o chocolate branco não possui cacau e é composto apenas por manteiga, leite em pó e açúcar.


Qual chocolate é melhor?

Considerando que o cacau é o ingrediente que contém os flavonoides, que por sua vez são substâncias com funções benéficas à saúde, quanto mais amargo o chocolate, maior seu teor de cacau e então, maiores os benefícios para a saúde. O chocolate ao leite contém alguma quantidade de flavonoides, porém pouca. E, o chocolate branco, por não conter cacau, não traz qualquer benefício adicional à saúde, a não ser pelo prazer de comer e degustar o seu sabor, o que também tem sua importância. Mas, no fim, a dica é: quanto mais amargo, melhor! 


Chocolate ao leite, chocolate meio amargo e chocolate amargo. Qual a diferença?

A diferença entre esses tipos de chocolate está na concentração de ingredientes como o cacau, leite, açúcar e gordura. Quanto menor a concentração de cacau, maior será a quantidade dos demais itens. Os chocolates meio amargos, 70% cacau ou mais, possuem mais cacau e menor quantidade de açúcar, leite e gordura, quanto maior for o amargo e a quantidade mencionada de cacau. Já o chocolate ao leite tem bastante variação, mas em geral possuem mais açúcar, leite e gordura do que o cacau propriamente dito.


Chocolate branco também tem benefícios?

O benefício do consumo do chocolate branco está relacionado apenas ao prazer de comer e degustar seu sabor doce mais acentuado. Como os benefícios ao coração, cérebro e bem estão relacionados ao cacau e, o chocolate branco não tem cacau em sua composição, ele não oferece essa vantagem de aliar o prazer em comer com benefícios mais diretos à saúde. Aliás, o chocolate branco contém maior teor de gordura e açúcar, por isso recomendamos o consumo cuidadoso deste alimento.


Comer chocolate é bom, por quê?

Primeiramente porque o chocolate faz parte do nosso hábito alimentar e é um alimento apreciado pela maioria das pessoas, então, comer o que se gosta com prazer e sem culpa é sempre bom. Além disso, considerando os benefícios que podem trazer à saúde, fica ainda melhor. Por esta razão, manter o chocolate em sua dieta pode fazer bem. Apenas, atente-se as quantidades e ao tipo de chocolate escolhido.

 

Da Redação
[email protected]

Imprimir