Cidadeverde.com
Esporte

Na despedida de Piqué, Barcelona vence Almería e assume a liderança do Espanhol

Imprimir

O sábado foi de grande emoção no Camp Nou. Na despedida do zagueiro Gerard Piqué, o Barcelona venceu o Almería, por 2 a 0, e assumiu a liderança do Campeonato Espanhol, com 34 pontos, dois a mais que o Real Madrid, que só joga na segunda-feira.

Aos 35 anos, Piqué encerrou sua carreira, após 615 partidas pelo time catalão, no qual fez 52 gols e conquistou 30 taças. Aos 39 minutos, o jogador, bastante emocionado, foi substituído e ovacionado pelos 90 mil torcedores presentes.

Os primeiros 45 minutos levaram a torcida do Barcelona do delírio para o desespero. Com total domínio da partida, o time catalão acumulou várias oportunidades de gol, mas errou nas finalizações.

Logo aos sete minutos, Lewandowski teve um pênalti, mas o chute do atacante polonês acertou a trave direita de Fernando Martinez A partir daí, o nervosismo tomou conta dos anfitriões, que também tiveram no goleiro rival um enorme obstáculo, autor de pelo menos três belas defesas.

Com as falhas nas finalizações e o passar do tempo, a torcida, que lotou o Camp Nou, passou a vaiar o time a cada chance desperdiçada.

O segundo tempo mal havia começado e o Barcelona já conseguiu a abertura do placar. Busquets fez lindo lançamento para Dembélé na ponta direita. O atacante cortou para dentro, passou por dois marcadores e bateu colocado: 1 a 0.

Na sequência, o mesmo Dembélé foi lançado mais uma vez e chegou a driblar o goleiro Fernando Martinez, mas demorou demais para chutar e acabou perdendo grande chance. Mas o segundo gol catalão veio aos 17 minutos, com De Jong, aliviando a pressão.

Com a boa vantagem no placar, o Barcelona ficou mais com a bola, diminuiu o ritmo, sem correr riscos diante do fraco adversário, 15ºcolocado, com apenas 13 pontos.

O clima ganhou emoção aos 39 minutos, quando Piqué foi substituído por Andreas Christensen. A partida ficou interrompida por quatro minutos para que o zagueiro cumprimentasse seus companheiros de equipe e também vário adversários.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir