Cidadeverde.com
Esporte

Tite convoca Daniel Alves e Pedro para a Copa do Mundo do Catar; veja os 26 nomes

Imprimir

Foto: Thiago Ribeiro/Estadão Conteúdo

 

Os 26 nomes que irão representar a Seleção Brasileira na Copa do Mundo do Catar foram oficialmente divulgados hoje (7) pelo técnico Tite, na sede da CBF, no Rio de Janeiro. Após uma lista provisória com 55 nomes a lista foi ‘enxugada’ e agora temos os nomes que começam a se apresentar no dia 14 de novembro, em Turim, na Itália. O grande debate da lista foi o nome do lateral-direito Daniel Alves, 37 anos, do Pumas e a surpresa foi a não convocação do atacante Firmino. A boa surpresa foi o atacante Martinelli (Arsenal), que não esteve na última convocação, mas provavelmente porque já era certeza na lista do técnico, o atleta de 21 anos, vem sendo o grande destaque da Premier League esse final de ano. 

Confira a lista dos convocados da seleção brasileira para a Copa do Catar

Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras).

Zagueiros: Marquinhos (PSG), Thiago Silva (Chelsea), Éder Militão (Real Madrid) e Bremer (Juventus)

Laterais: Daniel Alves (Pumas), Danilo (Juventus), Alex Telles (Sevilla) e Alex Sandro (Juventus).

Meias: Casemiro (Manchester United), Fred (Manchester United), Bruno Guimarães (Newcastle), Fabinho (Liverpool), Everton Ribeiro (Flamengo) e Lucas Paquetá (West Ham).

Atacantes: Neymar (PSG), Vinicius Jr. (Real Madrid), Raphinha (Barcelona), Antony (Manchester United), Richarlison (Tottenham), Gabriel Martinelli (Arsenal), Pedro (Flamengo), Rodrygo (Real Madrid) e Gabriel Jesus (Arsenal).

 

A Seleção Brasileira faz sua estreia na Copa do Mundo no dia 24 de novembro, às 16h, quando enfrenta a Servia. Depois disso, a seleção joga contra a Suíça no dia 28 de novembro e encerra a fase de grupos irá enfrenta o Camarões no dia 2 de dezembro.

Entres os 26 nomes uma das polemicas estava entre o nome do lateral-direito Daniel Alves, na verdade, as laterais eram a maiores dores de cabeça e duvidas nessa lista final.

Qual é o protocolo em caso de lesões?

A Copa do Mundo têm regras específicas para casos de lesão. O regulamento diz o seguinte:

- Podem ser substituído o jogador relacionado na lista definitiva em caso de lesão ou caso de enfermidade grave 24h antes da estreia de cada seleção. Ou seja, no caso do Brasil conta até o dia 23 de novembro, pois a Seleção estreia dia 24 contra a Sérvia

- Em caso de troca, a substituição não precisa obedecer a regra dos até 55 nomes. Ou seja, pode ser convocado um jogador fora da lista provisória

- É necessário que a Comissão Médica da Fifa precisa receber certificado que comprove a lesão grave ou enfermidade no atleta

- O jogador substituto fica o número da camisa do atleta que foi cortado.

 

Agora a seleção entra em uma fase de cronograma com - apresentação dos atletas no dia 14 de novembro, em Turim, na Italia. No dia 19 de novembro a delegação brasileira viaja para Doha, no Catar e entre os dias 20 de 23 de novembro acontecem os últimos treinamentos.  

O chefe de delegação da seleção brasileira será o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, baiano de 68 anos, que assumiu o maior cargo do futebol brasileiro do ano 2022 até 2026.

 

 

Pâmella Maranhão
[email protected]

Imprimir