Cidadeverde.com
Últimas

Sobe para quatro o número de mortos no ataque a escolas no Espírito Santo

Imprimir

Foto reprodução Youtube


A Secretaria Estadual da Educação do Espírito Santo confirmou neste sábado, 26, a morte de mais uma vítima dos ataques a escolas do município de Aracruz na sexta-feira, 25. Com isso, sobe para quatro o número de mortos nos atentados. O governador do Estado, Renato Casagrande, informou que a quarta vítima é a professora Flávia Amboss Merçon, de 38 anos. Na postagem, ele manifestou solidariedade aos familiares e amigos da docente.

De acordo com a secretaria, a professora foi socorrida no local do ataque pelo Samu e transferida para o Hospital Estadual Dr. Jayme dos Santos Neves (HEJSN), em Serra, mas não resistiu aos ferimentos e teve o óbito constatado na tarde deste sábado.

Duas professoras e uma aluna de 12 anos foram as três primeiras vítimas do atirador, um adolescente de 16 anos que responderá por ato infracional análogo a três homicídios e dez tentativas de homicídio.

Ele invadiu a Escola Estadual Primo Bitti e o Centro Educacional Praia de Coqueiral, colégio particular, na manhã de sexta. Na primeira, morreram as professoras Cybelle Passos Bezerra Lara, de 45 anos, e Maria da Penha Pereira de Melo Banhos, de 48. Na segunda, a vítima fatal foi a adolescente de 12 anos.

Doze pessoas ficaram feridas e ao menos cinco delas seguem internadas, a maioria em estado grave, de acordo com boletim da Secretaria da Saúde do Espírito Santo.

Duas mulheres, com idades de 52 e 45 anos, passaram por cirurgias e seguem em UTI em estado grave no Hospital Santos Neves, mesmo onde estava a professora de 38 anos.

Uma terceira mulher, de 58 anos, passou por cirurgia no Hospital Estadual de Urgência Emergência da capital do Estado e permanece estável.

Dois adolescentes (um de 11 e outra de 14 anos) seguem internados na UTI do Hospital Estadual Nossa Senhora da Glória, também na capital, ambos em estado grave.

 

 

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir