Cidadeverde.com
Esporte

Newcastle 'atravessa' Barça por joia do Vasco, diz jornal

Imprimir

Uma das principais revelações do Vasco da Gama nos últimos anos, o volante Andrey Santos é alvo de diversos clubes europeus, mas, ao que tudo indica, seu destino pode ser a Inglaterra, para jogar ao lado de Bruno Guimarães no Newcastle.

De acordo com o jornal 'Sport', da Espanha, o clube inglês 'atravessou' a negociação de Andrey com o Barcelona e fez uma proposta astronômica pelo garoto: se prontificou a arcar com a multa de 40 milhões de euros -cerca de R$220 milhões- para levar o jovem volante à Premier League.

Segundo informações da publicação, diversos fatores pesaram a favor do Newcastle na 'queda de braço' com outros gigantes europeus, como o próprio Barcelona: a boa relação do clube inglês com os empresários de Andrey, Giuliano Bertolucci e Kia Joorabchian, agentes que também cuidam da carreira de Bruno Guimarães, jogador do Newcastle que defende a seleção brasileira no Qatar.

A situação financeira complicada que vive o Barcelona também foi determinante para o 'chapéu' do Newcastle.

Outro aspecto importante na negociação, foi a possibilidade de o Vasco aceitar abaixar o valor pela venda de Andrey, caso o Newcastle cedesse o jogador até o meio de 2023, viajando para a Inglaterra apenas em junho, ao final da temporada europeia, podendo iniciar a nova jornada no novo clube desde a pré-temporada. Segundo o periódico espanhol, o Newcastle aceitou tais condições.

Tratado como um diamante dentro do Vasco, o cruzmaltino vê em Andrey a esperança de dias melhores no futuro, seja atuando pelo clube carioca ou trazendo cifras milionárias para São Januário em uma provável venda.

Com apenas 18 anos, foi um dos principais jogadores do Vasco na campanha do acesso à Série A e já soma 37 jogos e 8 gols pela equipe.

De volta à elite do futebol nacional, o Vasco terá o aporte financeiro da 777 Partners, grupo que adquiriu a SAF e comanda o futebol do cruzmaltino a partir de agora. O clube corre para resolver burocracias e anunciar os primeiros reforços para 2023.

Fonte: UOL-FOLHAPRESS

Imprimir