Cidadeverde.com
Geral

Piauí Pop, festival que marcou geração, volta em julho e anuncia primeira atração

Imprimir
  • bruno2.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • evento19.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • evento18.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • evento17.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • evento16.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • evento14.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • evento13.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • evento12.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • evento11.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • evento10.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • evento9.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • evento8.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • evento7.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • evento6.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • evento5.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • evento4.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • evento3.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • evento2.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • evento1.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com

O Piauí Pop, maior festival de arte e cultura do estado, está de volta após 14 anos. O lançamento da edição 2023 aconteceu na noite desta quarta-feira (30), no The Bunker, no bairro Ininga, zona Leste da capital. O evento está programado para o mês de julho (de 5 a 9) em Teresina e tem parceria com a TV Cidade Verde.

A primeira edição do Piauí Pop aconteceu em 2004 no Jockey Club. Lá permaneceu até 2008. Em 2009, o evento mudou para o Atlantic City, ano em que foi realizada a última edição. Foram seis edições que, ao todo, reuniram cerca de 500 mil pessoas e mais de 300 shows, movimentando a economia local. O festival foi idealizado pelo empresário Marcus Peixoto, que morreu em abril de 2012, aos 59 anos, vítima de um acidente automobilístico na BR-343.

O Piauí Pop marcou uma geração de jovens na capital do Piauí. Foi o primeiro grande festival em Teresina reunindo atrações do rock nacional, pop, reggae e música eletrônica. Passaram pelo palco principal bandas como Charlie Brown Jr., O Rappa,  Los Hermanos, CPM 22, Cidade Negra, Titãs, Rita Lee, Jota Quest, Vanessa da Mata, Skank, Titãs, Paralamas do Sucesso, Biquíni Cavadão, e muitas outras.

Estiveram presentes no lançamento, integrantes de várias bandas locais como Quaresma, do Validuaté, Daniel Hulk, do Roque Moreira, Marlon e vários artistas locais. 

Primeira atração confirmada

E por falar em Biquini Cavadão, a banda foi a primeira atração confirmada para o retorno do Piauí Pop. Bruno Gouveia, vocalista do grupo, e considerado uma espécie de patrimônio do festival, esteve no lançamento do Piauí Pop 2023. Ele surpreendeu a todos ao aparecer no evento segurando uma bandeira do Piauí, relembrando uma cena icônica de 2009, além de cantar músicas que marcaram o festival.

Tiago Peixoto, organizador do evento e filho de Marcus Peixoto, disse que a presença da banda é obrigatória pelo o que representa ao evento. “Impossível não pensar no Piauí Pop no aspecto musical e não associar ao Biquini Cavadão. É presença obrigatória. Seria algo estranho ele não estar presente", afirmou.

Bruno Gouveia não escondeu a emoção ao ser anunciado como primeira atração. "Fico lisongeado em ser convidado, de ser a primeira atração anunciada. O Piauí Pop faz parte da nossa história. Participei de muitos festivais, mas o Piauí Pop tem um lugar reservado em nosso coração", disse Bruno.

 

 

 

Ainda segundo Tiago, o festival terá 5 dias e as demais atrações serão anunciadas pelo Grupo Cidade Verde e nas redes sociais do Piauí Pop.

"Estou chamando de uma plataforma de experiência. Durante os dias vamos abrigar, encubar, receber e amplificar novas ideias", afirmou.

Ele disse ainda que o evento terá uma série de ações na área de educação, ciência da felicidade, empreendedorismo e tecnologia. 

“O público vai escrever uma carta do amanhã. Os jovens de diversas classes vão desenvolver projetos e apresentar ao poder público e ao capital privado para que possam construir uma cidade de amanhã, do futuro. Teremos muita festa, música e diversão", afirmou.

A gente se encontra lá!
Foi o primeiro evento a colocar as manifestações populares do Piauí e artistas locais em destaque. Os saudosos Maria da Inglaterra e Assis Davis deram nomes aos palcos regionais. 

O festival marcou tanto a vida dos piauienses que até hoje seu slogan é lembrado: "Piauí Pop, a gente se encontra lá!".

 

 

 

Flash Yala Sena e Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir