Cidadeverde.com
Esporte

Coreia bate Portugal, elimina Uruguai e deve pegar o Brasil nas oitavas

Imprimir

Foto: Estadão Conteúdo

No último minuto do tempo regulamentar, a Coreia do Sul conseguiu uma vitória de virada sobre Portugal nesta sexta-feira (2), por 2 a 1, eliminou o Uruguai e conquistou uma dramática classificação para as oitavas de final da Copa do Mundo.

Kim Young-Gwon e Hee-Chan marcaram os gols que definiram o placar no estádio Cidade Educação, em em Al Rayyan. Ricardo Horta foi quem abriu o placar.

Mesmo com a derrota, os portugueses confirmaram a primeira posição do Grupo H e, provavelmente, vão fugir do caminho do Brasil nas oitavas de final.

Como a equipe de Tite também é favorita a ficar com a primeira posição da Chave G, os lusos devem enfrentar o segundo colocado do grupo brasileiro. A disputa está aberta. Suíça, Sérvia e Camarões têm chances de avançar.

Nenhum deles, porém, seria um adversário tão difícil quanto um país com cinco títulos mundiais e todos os seus grandes jogadores, como é o caso do Brasil.

A definição do chaveamento também ocorre hoje, logo mais: o Brasil enfrenta Camarões, às 16h (de Brasília), no estádio Lusail, enquanto Sérvia e Suíça duelam no mesmo horário, no estádio 974.

No começo do jogo, Portugal deu a impressão de que iria aproveitar a situação dramática da Coreia e buscar sua terceira vitória para manter os 100% de aproveitamento.

Logo com 5 minutos abriu o placar. Pepe fez um belo lançamento do meio de campo, Diogo Dalot dominou na direita e cruzou rasteiro para Ricardo Horta abrir o placar.

Depois disso, no entanto, os lusos diminuíram o ritmo e quase foram para o intervalo perdendo. Primeiro, o lateral esquerdo Kim Jin-Su chegou a empatar, mas teve seu gol anulado por impedimento, aos 16 minutos.

Já aos 27, não teve jeito, após cobrança de escanteio na área, Cristiano Ronaldo tentou sair da trajetória da bola, mas ela desviou nele e sobrou para Kim Young-Gwon deixar tudo igual.

A infelicidade do camisa 7 na jogada refletia, também, aumentava a frustração dele na partida, em que seu desempenho foi abaixo do apresentado nos jogos contra Gana e Uruguai. Nas principais oportunidades que ele teve, parecia desatento, sempre em posição de impedimento.
Aos 19 minutos, para preservar a condição física do atacante, de 37 anos, o técnico Fernando Santos resolveu sacá-lo. André Silva entrou no lugar dele.

O empate coreano, contudo, ainda não era um resultado suficiente para a Coreia, afinal o Uruguai fez 2 a 0 sobre Gana ainda no primeiro tempo. Mas foi importante para manter o ânimo da seleção asiática para a etapa final.

Tanto que na etapa final eles cresceram de produção e tiveram boas chances de conseguir a virada. Son Heung-Min e Hwang In-Beom tiveram as principais chances da equipe, mas acabaram esbarrando em boas defesas de Diogo Costa.

O goleiro português, no entanto, não conseguiu evitar a virada já no fim do tempo regulamentar, quando Hee-Chan aproveitou um contra-ataque e virou a partida.

Enquanto os coreanos vibravam no estádio Cidade Educação, os uruguaios lamentavam no Al Janoub.

Em sua 11ª participação em Copas do Mundo, a Coreia avança para as oitavas pela terceira vez.

Fonte: Folhapress (LUCIANO TRINDADE)

Imprimir