Cidadeverde.com
Esporte

Tite desmente especulação sobre Gabriel Jesus ter entrado em campo já lesionado

Imprimir

O corte de Gabriel Jesus da Copa do Mundo por causa de uma lesão no joelho direito sentida na derrota da última sexta-feira (2), contra Camarões, agitou o noticiário da seleção brasileira nas últimas horas. 

Foto - Lucas Figueiredo - CBF

Em coletiva de imprensa concedida neste domingo, Tite desabafou sobre o tema ao ser perguntado se o atacante do Arsenal chegou à seleção já sentindo dores no joelho, como deram conta algumas publicações recentes.

"Não podem ecoar de fora coisas que são mentiras, do mal, de quem quer fazer o ruim aos outros. Em nenhum momento na seleção pagamos preço de vitória por saúde de jogador. 

Esse mentiroso que fica ali fora, os haters, é assim que se fala? Vai cuidar de outra coisa e deixa de ficar plantando mentira", bradou o treinador da seleção, antes de completar:

"O Arsenal tem departamento médico, nós temos departamento médico e responsabilidade pessoal, ética e profissional, então nunca iria acontecer dessa forma [convocar Gabriel Jesus lesionado]. Aconteceu [a lesão] e lastimamos."

Após o corte de Gabriel Jesus da Copa do Mundo, noticiou-se que o atacante já teria se apresentado à seleção brasileira depois de uma sequência de jogos no Arsenal em que sentiu dores no joelho direito. 

Na Copa do Mundo ele não apresentou problemas durante a preparação e nem nos dois primeiros jogos, quando saiu do banco de reservas.

Já diante de Camarões ele foi substituído reclamando de dores. No dia seguinte, fez exames que detectaram um problema impossível de recuperar durante a Copa.

As palavras fortes de Tite têm o objetivo de negar que Gabriel Jesus tivesse qualquer problema físico quando chegou à seleção e também jogar luz sobre o que diz ser mentira da pessoa que teria vazado esta informação à imprensa. 

"Quando vem informação que o Jesus estava sentindo no Arsenal isso é muito grave", disse, em outro momento.

Na coletiva de imprensa, Tite também disse que Gabriel Jesus teve uma conversa pessoal com Neymar, Marquinhos e Thiago Silva para acalmá-lo sobre o corte.

Alex Telles, também cortado, participou do mesmo papo. Os dois jogadores cortados da Copa voltam a seus clubes para recuperação das lesões, enquanto a seleção permanece com só 24 disponíveis.

O próximo jogo da seleção vale pelas oitavas de final da Copa do Mundo e acontece nesta segunda-feira (5), às 16h (de Brasília), no estádio 974, contra a Coreia do Sul.

GABRIEL CARNEIRO, IGOR SIQUEIRA, DANILO LAVIERI E PEDRO LOPES
DOHA, QATAR (UOL-FOLHAPRESS)

Imprimir