Cidadeverde.com
Política

Em eleição antecipada, prefeitos escolhem novo presidente da APPM hoje

Imprimir

Fotos: Paulo Sampaio/Cidadeverde.com

Prefeitos escolhem nesta segunda-feira (12) o novo presidente da Associação Piauiense de Municípios (APPM) para o biênio de 2023 e 2024. A disputa neste ano tem duas chapas:  uma encabeçada pelo prefeito Paulo César (Progressistas), que concorre à reeleição, e outra por Toninho da Caridade (PSD). 

Toninho da Caridade é gestor da cidade de Caridade do Piauí e Paulo César da cidade de Francinópolis. O primeiro candidato é apoiado pela base governista, enquanto o segundo está alinhado com o grupo da oposição. 

Ambos os candidatos ouvidos pelo portal Cidadeverde.com revelaram acreditar que está será um eleição decidida pelo nível de abstenção. Segundo informações da própria APPM, há o total de 196 prefeitos aptos a votar. Destes, a expectativa é a de que 170 compareçam à sede para registrar a preferência. 

O período para a votação será encerrado às 17h. 

Eleição Antecipada

Geralmente realizada apenas no mês de janeiro, a eleição da APPM foi antecipada neste ano, conforme explicou Paulo César. “Antecipamos para não haver preocupação no Natal, Ano Novo e também para facilitar a transição de quem vencer”, disse. 

Paulo César reclama de interferência

No campo político, Paulo César pontuou que houve interferência externa na disputa contra Toninho da Caridade. 

“Aqui, certamente, vai definir quem não virá votar, são as abstenções. Essa é uma preocupação nossa, porque soubemos de orientações para aqueles que poderiam votar na gente, não virem votar. Mas estamos confiantes na vitória, o importante é ter o municipalismo como bandeira”, declarou o prefeito de Francinópolis. 

Caso seja reeleito, Paulo César tem como projetos para o próximo biênio a implantação de um Diário Oficial Eletrônico próprio para a APPM. 

Toninho da Caridade defende união

Toninho da Caridade destacou que terá uma gestão alinhada ao governador eleito Rafael Fonteles (PT). Ele também respondeu às críticas do adversário acerca de interferências na eleição. 

“Eu vejo de forma natural. Há dois anos atrás estávamos passando aqui as mesmas chapas, onde a base do Progressistas à época se mobilizou para eleger um candidato. Não há nada de diferente, fora do comum. Nós aqui também juntamos nossa base e buscamos apoio dos parlamentares e todos aqueles que fazem parte da nossa base para que a gente pudesse se fortalecer. O importante é que sendo eleitos, vamos governar para todos os municípios”, destacou. 

Toninho da Caridade disse que tem como projeto para a APPM o retorno da Feira do Municípios e a aquisição de veículos, ambulâncias e carros funerários, para a entidade e Descentralização de ações. 


Paula Sampaio 
[email protected]

Imprimir