Cidadeverde.com
Política

“Pagou um preço que não era dele”, diz Joel sobre derrota de Paulo César na APPM

Imprimir

Foto: Renato Andrade/ Cidade Verde

O presidente estadual do Progressistas, Joel Rodrigues, afirmou nesta terça-feira (13) que a derrota do candidato da oposição na eleição da Associação Piauiense de Prefeitos (APPM) representou um aceno de membros do partido à uma reaproximação com a base governista. 

Acontece que o Progressistas tem hoje pelo menos 80 prefeitos. Paulo César alcançou 64 votos, contra 104 do adversário Toninho da Caridade (PSD), candidato da base governista. 

Em entrevista, o ex-prefeito de Floriano fez elogios à Paulo César e disse que o presidente da APPM “pagou um preço que não era o dele”. Para Joel Rodrigues, respigou no pleito da associação a derrota do candidato da oposição Silvio Mendes (União Brasil) nas eleições estaduais. 

Joel Rodrigues pontuou que é preciso ficar atento aos sinais e destacou estratégias para evitar uma debandada na sigla. 

“Eu percebi o grande trabalho feito pelo Paulo César. Não vou atribuir o resultado ao trabalho, mas ao resultado das últimas eleições. O aceno de alguns que podem estar querendo uma reaproximação com o governo. Ele foi um grande gestor, o melhor de todos, infelizmente, está pagando um preço que não é o dele, o resultado obtido nas últimas eleições [estaduais]. Não é fácil, mas temos que buscar a reposição, compreender os sinais”, disse. 

 

Paula Sampaio 
[email protected]

Imprimir