Cidadeverde.com
Esporte

Comercial faz parceria e anuncia ‘pacotão’ com 17 nomes para o Campeonato Piauiense

Imprimir

Foto: Davi Souza

Pedro Maranhão atleta

A equipe do Comercial, de Campo Maior anunciou 17 nomes e deu start na montagem do elenco para disputa do Campeonato Piauiense 2023. O time ainda não deu início ao trabalho e seu treinador para temporada é novo no futebol do estado, José Carlos Amaral, ex- Sabugy (PB), mas a certeza é que terá pouquíssimo tempo de trabalho, pois a estreia no Campeonato Piauiense será dia 11 de janeiro, às 15h45min, no estádio Deusdeth de Melo, em Campo Maior. O time não começou a trabalhar, mas de acordo com a diretoria a intenção é que a movimentação inicial aconteça na segunda-feira (19). 

O Comercial conseguiu após anos retornar a elite do futebol piauiense sendo campeão da Série B do Estadual desse ano. Entre os nomes que renovaram da campanha campeão piauiense estão o zagueiro Rafael Araújo, nome super experiente e bem conhecido dos torcedores piauienses, pois já passou por River, Oeirense e Altos aqui no estado. O goleiro Gutierre, que foi titular ao longo da Série B desse ano também se mantém no elenco, além do lateral Barata, outra nome veterano e com rodagem no estado. Outros conhecidos do estado são o volante Vitor Recife, ex-4 de Julho e o meio-campo Jairinho, ex-Picos.

Na vasta lista de novidades estão o atleta Feijão e o goleiro Gustavo Henrique, que foram anunciados hoje (16). Na noite de ontem (15) outros dez nomes já haviam sido anunciados – Pedro Maranhão, Daniel Neguim, Rafael Batatinha, Rogger, Pantico, Fabinho, Bruno Gaúcho, Matheus da Gama e o lateral-direito Vagner Gaúcho, de 30 anos, ex- Vitória da Conquista. Desse 'pacote', algumas peças estavam disputando a 2ª divisão do Campeonato Paraibano até o mês de outubro com a camisa do Sabugy, caso de, Rafael Batatinha meia-atacante, de 32 anos. Rogger, atacante de 29 anos e do Pantico, volante de 23 anos. 

 

Técnico José Carlos Amaral 

O técnico José Carlos, de 65 anos, é natural do Rio de Janeiro. O técnico começou seu trabalho à beira do gramado no ano de 1988 e passou por vários clubes e inclusive no futebol do Peru, porém teve pausa longa na carreira e ficou afastado de 2014 até 2020, voltando a comandar algum clube somente no ano de 2021 - trabalhou no Frei Paulistano, Canindé e Sabugy. 

Dos 17 nomes anunciados até agora, Os 12 novatos são oriundos de uma parceria com a empresa JK Sports, empresa Gaúcha, do Rio Grande do Sul, que está ajudando o clube piauiense na montagem do seu elenco e parte da comisão técnica.  Algo que foi necessário fazer segundo o presidente Neto por conta das dificuldades financeiras para montar o elenco.

"Eles estão entrando com esses atletas, que muitos estavam jogando em estados vizinhos a pouco tempo. Fomos procurados por várias empresas para fechar parceria, mas eles me parecerem ser donos de um bom trabalho e estou torcendo para dar tudo certo. Infelizmente, eu só tenho patrocinio da prefeitura, serão quatro parcelas de R$ 60 mil reais e só com isso não tem como bancar o time no Estadual. Mas eles estão entrando com esses atletas e eu também contratei nomes meus, que conhece de perto o trabalho", explicou o presidente do Bode. 

O Piauiense começa no dia 11 de janeiro. Com oito clubes. O Comercial fará sua estreia no dia 11 contra o Fluminense, às 15h45min, no estádio Deusdeth de Melo, em Campo Maior.

 

 

Pâmella Maranhão
[email protected]

Imprimir