Cidadeverde.com
Esporte

São Paulo busca reforços de fora do País e pode ter elenco inchado com 8 gringos

Imprimir

O São Paulo tem negociações avançadas com o zagueiro argentino Alan Franco, do Atlanta United, e o volante equatoriano Jhegson Méndez, do Los Angeles FC, ambos da Major League Soccer. Caso chegue a um desfecho positivo, o clube terá oito estrangeiros em seu elenco e o técnico Rogério Ceni terá de sacrificar três jogadores por partida.

Com as saídas de Léo e Miranda, a defesa são-paulina ficou desfalcada e o clube focou em Alan Franco, alvo desde quando o clube era treinado por Hernán Crespo. Méndez, que disputou a Copa do Mundo do Catar, é uma oportunidade de mercado e visto com bons olhos para o setor que perdeu Andrés Colorado e deve ficar sem Igor Gomes, nos planos do Atlético-MG.

Os dois são nomes de peso para chegar e assumir as vagas de titular. Ocorre que o clube do Morumbi já conta com seis gringos no elenco. A defesa, por exemplo, teria um trio que veio de fora Alan Franco chegaria para jogar ao lado do equatoriano Arboleda - desde outubro está tentando se naturalizar brasileiro para abrir uma vaga a mais no elenco - e do venezuelano Ferraresi. Entre os homens de marcação há, ainda, o retorno do lateral-direito Orejuela, com o qual Ceni trabalhou no Cruzeiro e aprovou. O colombiano, contudo, deve ser um dos "cortados" já que o grupo tem Rafinha e Igor Vinícius para o setor.

Na frente, o centroavante argentino Calleri é unanimidade. Principal jogador do setor, é considerado insubstituível e dono de cadeira cativa com a camisa 9. Como no futebol brasileiro somente cinco jogadores de fora do País podem ser relacionados por jogo, Ceni terá de sacrificar três nomes.

Os outros não brasileiros do time jogam no meio. Gabriel Neves renovou contrato recentemente até o fim de 2025. O volante uruguaio caiu nas graças do treinador, que pediu por sua manutenção e sempre vinha apostando em sua entrada para fortalecer a marcação.

Já o meia Galoppo jamais ganhou uma sequência de jogos, mas sempre que entrou melhorou o rendimento da equipe e goza de prestígio com a torcida. Dependesse dos são-paulinos, o argentino seria titular na armação, ainda mais após a saída de Nikão para o Cruzeiro e da possível ida de Patrick para o Atlético-MG. Vale lembrar que o clube ainda buscou o goleiro paraguaio Gatito Fernandez, do Botafogo, mas não obteve sucesso

Enquanto não anuncia novos reforços para 2023, a torcida fica questionando o motivo de o clube pensar em tantos estrangeiros se a saída de muitas peças experientes neste fim de ano foi justamente para aliviar a situação financeira. O clube pagaria salários para três gringos impossibilitados de jogar com regularidade.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir