Cidadeverde.com
Política

Governador eleito lamenta morte de Pelé: "o rei agora descansa"

Imprimir

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com

O governador eleito, Rafael Fonteles (PT), lamentou na tarde desta quinta-feira (29) a morte do Rei Pelé, aos 82 anos. O petista, que toma posse no domingo, disse em suas redes sociais que o jogador é sinônimo de Brasil em todo mundo.

"Que sorte termos contado com esse talento tão extraordinário na nossa Seleção! Que Deus o receba e conforte os familiares, amigos e a todos nós, eternos torcedores", afirmou.

 

 

O futuro ministro do Desenvolvimento Social e senador eleito, Wellington Dias (PT), também lamentou a morte do maior jogador da história do Brasil.

"Sabemos que o icônico camisa 10 viverá para sempre nos corações dos amantes do futebol e o Brasil encontra-se agora de luto. Que Deus possa confortar amigos, familiares e seus fãs em todo o mundo", afirmou.

 

Aos 82 anos, o melhor jogador de todos os tempos não resistiu a um câncer no cólon. Ele estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Seu coração bateu pela última vez de forma lenta e pausada, sem que seu corpo sentisse qualquer dor. Estava sedado. Pelé morreu nesta quinta-feira, 29 de dezembro, sereno, tranquilo e calmo, como sempre se comportou diante dos zagueiros e goleiros que tentaram impedir seus gols. Tudo o que era possível fazer, foi feito.

Da Redação
[email protected]

Imprimir